dezembro 10, 2018 11:50 am
Home / Noticia do Interior / Jaguarari / Associação dos Vaqueiros de Santa Rosa presta homenagem a Zé da Zefa

Associação dos Vaqueiros de Santa Rosa presta homenagem a Zé da Zefa

O vaqueiro se foi de forma prematura e inesperada. A violência humana calou um dos homens mais trabalhadores da região. De origem simples e humilde, José Fernandes, ou carinhosamente Zé da Zefa, construiu sua história com muito suor e alcançou uma enorme popularidade nas regiões de Santa Rosa de Lima, em Jaguarari, Andorinha e Senhor do Bonfim.

Brutalmente assassinado no sábado passado, dia 24 de novembro, sua história se confunde com a história de luta pela sobrevivência do povo nordestino. E para homenagear este homem de tantas lutas, a Associação de Vaqueiros de Santa Rosa de Lima, em Jaguarari, publica nota de pesar pelo falecimento de Zé da Zefa.

Confira:

José Fernandes teve sua missão interrompida. O homem que nasceu na simplicidade, sentiu a dor da necessidade, como ele mesmo dizia, e sempre se emocionava em qualquer lugar ao lembrar de dona Zefa sua mãe; quando as vezes não fazia uma das refeições para que não faltasse pros filhos!

Eram tempos difíceis mas havia União! José Fernandes perdeu o pai muito cedo; lhe somavam cinco anos de idade; uma criança que trocou a infância para ajudar a mãe a cuidar dos irmãos mais novos.

Trabalhou na roça; logo cedo descobriu a dureza da vida e, quando rapazinho, começou a trabalhar na venda de seu Zeca Bonfim, praticamente seu segundo pai, que muito lhe ensinou sobre o comércio e a arte de negociar.

Por mérito conquistou seu próprio negócio e nunca mais parou, pois eu, você… aguardamos que essa parada seja feita por ordem de Deus e não por mãos insanas. José casou-se com dona Marinalva e, dessa união, vieram duas figuras tão amorosas que eram o orgulho desses pais: Giza e Daniela.

José conquistou patrimônios: roças, fazendas, imóveis. O primeiro parque de vaquejada em homenagem a seu saudoso pai Manoel Benedito, em Santa Rosa de Lima… E o mais fascinante: tudo conquistado honestamente com o suor do seu rosto. Não tinha dia nem hora. O seu lema era trabalho.

Relembrava sempre os tempos de Belo Cardoso e Seu Cisino, referências da moral e da ordem que existia em nossa comunidade. Hoje nos silenciamos. Estamos desprotegidos, vulneráveis. Nos sentimos impotentes, pois não se explica o inconformável.

A Associação dos Vaqueiros se solidariza com a família e assim compartilha com todos o carinho com o qual a população demonstrou no cortejo de sua despedida.

QUE JOSÉ FERNANDES, NOSSO AMIGO ZÉ DA ZEFA, SEJA RECEBIDO NA CASA DE DEUS E DESCANSE EM PAZ

ASSOCIAÇÃO DOS VAQUEIROS / SANTA ROSA DE LIMA – BAHIA.

*BLOG DO ELOILTON CAJUHY

Você pode Gostar de:

Luto: câmara de Senhor do Bonfim suspende sessão desta quinta-feira, por causa da morte do delegado Clériston Jambeiro

Mesa Diretora da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim, por meio do presidente, vereador Reinaldo …