Conecte-se conosco

Noticias

Bonfim: ACE e ACS comemoraram aprovação do reajuste do piso nacional para R$ 1.550,00 das duas categorias

Publicado

em

Os Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias de Senhor do Bonfim estiveram reunidos na manhã dessa quinta-feira (18), na Câmara de vereadores debatendo sobre a derrubada do veto do presidente Michel Temer, que impedia o reajuste das categorias, nossa reportagem manteve conversa com o presidente da AACE – Associação dos Agentes de Combate às Endemias de Bonfim, Marlon Reis, que expressou a sensação dos trabalhadores ao celebrarem a concessão do reajuste ainda que de forma escalonada em três etapas.

“Me lembro bem Netto que há 2 meses atrás, nós estávamos aqui no seu programa, o que a gente considerou naquele momento um golpe dos parlamentares ao tirarem da pauta o nosso tão sonhado reajuste nacional.
Na ultima quarta-feira (17), graças a Deus, num belíssimo trabalho dos nossos representantes pela confederação nacional doa agentes de combate as endemias no Brasil, que incansavelmente se mantiveram firmes na luta e graças a Deus chegamos a convencer todos os deputado e senadores e conseguimos derrubar o veto do presidente Michel Temer, através da medida provisória 827/2018 e conseguimos estabelecer a partir de janeiro de 2019 um piso nacional de R$ 1.250,00, na verdade o reconhecimento é de que o piso de R$ 1.550,00, tendo em vista eu nossos representantes concordaram em escalonar isso em três anos, saindo em 2019 de R$ 1.014,00 pra R$ 1.250,00, com reajuste significativo de 23,27%, em 2020 a gente passa a ter mais um reajuste de 12%, saindo de R$ 1.250,00 para R$ 1.400,00 e finalmente o tão sonhado em 20121 um reajuste de 10,71%, estabelecendo assim o piso nacional dos agentes de saúde e de endemias no valor de R$ 1.550,00, agradecemos a Deus por finalmente esse reconhecimento finalmente estar estabelecido no nosso município”, disse Marlon.

Blog do Netto Maravilha

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Ministério da Saúde atualiza recomendações sobre vacinação contra sarampo em Senhor do Bonfim

Publicado

em

NOTA TÉCNICA MUNICIPAL

CONFORME NOTA Nº 191/2019 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE ATUALIZA AS RECOMENDAÇÕES SOBRE A VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO PARA CRIANÇAS DE SEIS A 11 MESES DE IDADE INFORMAMOS A TODA POPULAÇÃO BONFINENSE:

  1. A Bahia encontra-se em situação de surto e nos últimos 90 dias, no Brasil, houve registro de 228 casos confirmados de em menores de 1 ano;
  2. O ministério da saúde recomenda a vacinação das crianças de 6 a 11 meses de idade contra o sarampo, com uma dose da vacina tríplice viral devendo manter as recomendações estabelecidas no calendário nacional de vacinação;
  3. A vacinação de ROTINA contra o sarampo continua mantida na população de 1 ano ate 49 anos em TODAS AS UNIDADES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SENHOR DO BONFIM;
  4. Caso não haja nos estados, casos confirmados de Sarampo no período de 90 dias, esta recomendação do MINISTÉRIO DA SAÚDE, para crianças de 6 a 11 meses de idade será desconsiderada;

Renovamos votos de estima e consideração,

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA/IMUNIZAÇÃO

blogdoclebervieira

Continue Lendo

Andorinha

Projeto Mais Saúde vai iniciar em Morro Branco

Publicado

em

Agora Andorinha conta com o Programa Mais Saúde.
O Mais Saúde tem o objetivo de levar atendimento médico até as comunidades facilitando o acesso dos nossos munícipes aos nossos médicos e fazendo o que mais gostamos, cuidar de gente!

E atenção comunidade de Morro Branco, o mais saúde terá a pré-estreia na sua região.
Dia 24 de agosto à partir das 7 horas.

É a Prefeitura de Andorinha levando a saúde até você.

blogdonettomaravilha

Continue Lendo

Noticias

SISMUSB e SINTESB reivindicam direitos dos servidores públicos municipais de Senhor do Bonfim

Publicado

em

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim (SISMUSB) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Senhor do Bonfim (SINTESB) realizaram uma reunião com os representantes dos trabalhadores para discutir o estado de greve em prol dos direitos dos servidores. A discussão acerca da realização de uma greve surgiu após diálogos realizados entre o SISMUSB, SINTESB e a Prefeitura de Senhor do Bonfim, pois ao ter conhecimento dos problemas apresentados pelos Sindicatos, a gestão municipal não adotou nenhuma medida para solucioná-los.

O SISMUSB e o SINTESB reivindicam a reposição do piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), dos Agentes de Combate a Endemias (ACE), e dos professores, caso a situação não seja resolvida pela Prefeitura de Senhor do Bonfim, os Sindicatos entrarão com ação judicial representando os servidores para que seus direitos sejam respeitados conforme determina o artigo 8, III, da Constituição Federal de 1988. O Sindicato também pretende denunciar o prefeito Carlos Brasileiro por improbidade administrativa, pois o gestor não efetua o pagamento do 13º, direito social dos trabalhadores expresso no artigo 7º, VIII, da Constituição Federal de 1988 e não fornece Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), garantidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O presidente do SISMUSB, Raimundo Nonato de Oliveira, destacou que “Após algumas reuniões tentando negociar o reajuste salarial dos servidores, o prefeito Carlos Brasileiro se negou a nos receber e alegou que não poderia cumprir com as leis da reposição salarial. Assim, estamos em estado de greve para tentar convencer o prefeito Carlos Brasileiro a rever suas alegações e negociar. Caso isso não aconteça, entraremos em greve, para que todos saibam que estamos lutando pelos nossos direitos”.

O vice-presidente do SINTESB, Adailton de Souza, ressaltou que o estado de greve é importante para tentar garantir o direito do reajuste salarial dos professores. “Desde janeiro esse reajuste deveria ter sido feito, pois o próprio prefeito criou uma lei em 2017, na qual mudou a data base para negociação salarial de maio para janeiro, mas este ano, já estamos chegando ao mês de setembro, e a prefeitura não nos chamou para negociar”.

Souza complementou ainda que “A prefeitura não se preocupa, nem se sensibiliza com a causa do trabalhador. Por isso, a nossa intenção é mobilizar os servidores públicos municipais para que despertem para a luta, que não é apenas da diretoria dos sindicatos, mas de toda a coletividade”.

A reunião contou com a participação do presidente e da tesoureira do SISMUSB, Raimundo Nonato de Oliveira e Sônia Lúcia de Santana, respectivamente; do presidente e vice-presidente do SINTESB, Janilson Torquato e Adilson de Souza, respectivamente; do presidente dos Agentes Comunitários de Saúde de Senhor do Bonfim (AMACS-SB), Josemar Nascimento; da servidora Zenaildes; e do assessor jurídico, Lúcio Sá.

Lorena Simas
Assessora de Comunicação do SISMUSB

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br