Conecte-se conosco

Noticias

Caso Neymar: por que hoje virou o ‘Dia D’ na acusação de estupro?

Publicado

em


© Getty Images Delegacia em São Paulo

A segunda-feira promete ser o “Dia D” na acusação de estupro contra Neymar. Nesta data, a modelo Najila Trindade deve entregar seu celular à Polícia Civil. O aparelho é considerado peça-fundamental no caso.

Toda a conversa entre Najila e Neymar consta no celular da modelo, incluindo fotos, vídeos e arquivos de áudio. No depoimento prestado na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher na última sexta-feira e relatado pelo UOL Esporte, ficou acertado que o aparelho tem até esta segunda para ser entregue à delegada Juliana Lopes Bussacos.

“A declarante [Najila] afirma que no momento prefere não entregar seu telefone celular pois gostaria de primeiro fazer um ‘backup’ de todos os seus dados e arquivos, contudo se compromete a entregá-lo através do seu advogado, que também não possui tais dados e arquivos, na data de 10/06/2019 [segunda-feira]”, diz o documento obtido pelo UOL Esporte.

Na noite deste domingo, a TV Record veiculou uma entrevista com Najila. Ela chorou, falou em perda de peso, uso de remédios e “pesadelo”. “Só sei que minha vida está um pesadelo. Desde então [o encontro com Neymar], minha vida está um pesadelo e só vem piorando”. O assunto celular não foi abordado.

O ex-marido de Najila, Estivens Alves, em entrevista à TV Globo, descreveu a ex-mulher como uma pessoa de “temperamento explosivo” e “difícil de se conter”. “Que fique bem claro: o Estivens não está apoiando nem a senhora Najila nem o senhor Neymar.” 

Sumiço do tablet

No entanto, o vídeo completo com a suposta agressão de Neymar, no segundo encontro entre eles em Paris, não estaria no celular, mas sim em um tablet. No mesmo depoimento, Najila afirmou que o aparelho foi furtado de seu apartamento.

O sumiço foi relatado por seu ex-marido, Estivens Alves. Ele esteve no local na última quinta e, além do tablet, um relógio e dinheiro teriam sido furtados, de acordo com TV Globo.

A Polícia Civil já esteve no local e apontou indícios de arrombamento. No entanto, as autoridades aguardam o laudo da perícia.

Um trecho do vídeo vazou na última semana. Nele, Najila e Neymar aparecem no quarto e, depois de uma rápida discussão, a modelo agride o jogador com tapas.Veja mais no MSN Brasil:
Najila diz que vídeo com Neymar foi furtado (Estadão)
Polícia cogita acareação entre Neymar e modelo (Estadão)
Homem é condenado por matar amante grávida em SP (Estadão)
Caso Neymar: advogado de Najila entrega novas provas (Estadão)

Entenda o caso

Neymar foi acusado de estupro por uma mulher cuja identidade foi preservada pela polícia. Ela registrou boletim de ocorrência na sexta-feira (31), revelado pelo ESPN.com.br no sábado 1º de junho, na 6ª Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

Segundo o documento, ela alegou ter conhecido o jogador de Paris Saint-Germain e seleção brasileira nas redes sociais. E no dia 12 de maio, um assessor identificado como Gallo entrou em contato fornecendo passagens e hospedagem para ela viajar para Paris, na França. Ela afirmou ter embarcado no dia 14 e chego no dia 15.

A mulher também relatou que ficou no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triumphe e recebeu o atleta de 27 anos por volta de 20h locais do dia 15. Segundo ela, o jogador chegou “aparentemente embriagado”. “Começaram a conversar, trocaram carícias, porém, em determinado momento, Neymar se tornou agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual.”

Tanto Neymar, por meio de vídeo em uma rede social – que depois o tirou do ar – na qual expôs as conversas com a mulher, quanto seu pai, Neymar da Silva Santos, em duas entrevistas à TV Bandeirantes, uma por telefone e a outra participando ao vivo de um programa, negam que tenha havido estupro. Eles confirmam que houve relação sexual, mas que a mesma foi consensual.

Na quarta-feira (05), o caso teve mais desdobramentos. Em entrevista ao SBT, a modelo falou pela primeira vez. Ela admitiu ter viajado com intuito de fazer sexo com Neymar, mas reiterou que foi estuprada e agredida após dizer que não queria ter relações sem o uso de preservativo.

Depois, surgiu um novo vídeo que mostra Najilia agredindo Neymar com tapas. A defesa da modelo diz que ela atraiu o jogador para gravar esse vídeo e tentar ter provas do que ele já havia feito com ela anteriormente.

Na quinta-feira (06), em entrevista ao Buzzfeed, Najila disse: “Vão me matar e dizer que me suicidei”. No mesmo dia, mais duas partes da conversa foi revelada. “Você deveria ser homem pelo menos uma vez na vida e assumir seu erro”, disse a modelo, em áudio ao jogador. Também vazou outro diálogo, em que Neymar diz que modelo “pedia mais”, Najila rebateu e afirmou: “Mostra que seu cérebro só funciona em campo”.

Ainda no mesmo dia, o advogado de Najila, Danilo Garcia de Andrade, confirmou que o vídeo completo tem 7 minutos e falou da estratégia de sua cliente: “Ela atraiu o Neymar ao quarto, precisava de uma prova”. Foi também na quinta que Neymar, horas após ser cortado da seleção brasileira que vai disputar a Copa América, de muletas e cadeira de rodas, depôs sobre crime virtual e agradeceu o carinho dos fãs: “Me senti muito amado”.

Na sexta-feira (07), foi a vez do depoimento de Najila em São Paulo. Ela passou mal, chegou a ser carregada por seu advogado e saiu da delegacia direto para o hospital. A TV Record exibiu mensagens em que ex-advogado rompeu relações com Najila, e Neymar disse que assessores foram responsáveis pela publicação em rede social que polícia investiga. Na Câmara, o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), inspirado na Bíblia, protocolou um projeto rebatizado de “Lei Neymar da Penha”.

No sábado (08), o novo advogado de Najila ameaçou sair do caso se ela não apresentar provas. Também vazou mais uma parte do primeiro depoimento da modelo, em que ela não mencionou a suposta ausência de camisinha na relação.

No domingo (09), em trecho do último depoimento, Najila detalhou o suposto estupro e diz ter ficado em estado de choque. Em entrevista à Record, ela chorou, falou em perda de peso, uso de remédios e “pesadelo” após a denúncia.

ESPN

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Espaço Supermercados Pague Menos

Publicado

em

Continue Lendo

Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari levará a Santa Rosa a 2ª edição do Programa Prefeitura nas Comunidades

Publicado

em

A prefeitura de Jaguarari, através de suas secretarias de governo, irá levar para o distrito de Santa Rosa de Lima, nesta sexta-feira (14), o Programa Prefeitura nas Comunidades. A ida desse programa ao distrito possibilitará atender a várias demandas dos moradores do local e adjacências. Durante a ação, os moradores terão acesso a diversos serviços oferecidos pela gestão municipal.

  • Secretaria de Saúde – exames laboratoriais, avaliação com fisioterapeuta, avaliação com nutricionista, testes rápidos para DST com orientações para prevenção dessas doenças e distribuição de preservativos, teste de glicemia, aferição de pressão.
  • Secretaria de Assistência Social – atendimento e atualização cadastral do programa Bolsa Família, orientação psicossocial com equipe do CRAS e CREAS, concessão de Carteira do Idoso e Passe Livre, Requerimento de beneficio eventual de cesta básica, encaminhamento de segunda via de documentos pessoais, brincadeiras e atividades lúdicas com orientadores sociais, Cadastro de gestantes para o Primeira Infância no SUAS e campanha de enfrentamento ao trabalho infantil nas escolas.
  • Secretaria de Agricultura – cadastramento de títulos de terra, um técnico estará realizando a renovação de DAP’s, abastecimento de água através de pipa e emissão de Guia de Trânsito Animal – GTA.
  • Secretaria de Educação – levará para Santa Rosa a Caravana da Educação, que promoverá uma grande Mostra Cultural, garantindo a população muita diversão e cultura através de Cinema na praça, Karaokê, Roda de Capoeira, Fanfarra e Programa de Nutrição.
  • Secretaria de Meio Ambiente – realizará doação de mudas das seguintes espécies nativas: Paineira (barriguda) Angico de Bezerro, Caraibeira, Aroeira, Baraúna, Espinheira Santa, Pereiro, entre outros.

A Secretaria de Administração realizou um grande mutirão de limpeza executando serviços de varrição, pintura de meio fio e manutenção da iluminação publica.

A Secretaria de Infraestrutura promoveu a revitalização de toda praça central do distrito e recuperação do mercado da feira livre.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Continue Lendo

Noticias

ACESB – Associação de Espadeiros de Sr. do Bonfim continua na luta

Publicado

em

“Na verdade, estão se informando do que não foi apostado. Na verdade, o STJ nem entrou no mérito da ação, até amanhã nova ação deve ser apresentada”, Pezão

Ações da ACESB,Bom dia, a população de modo geral, só para que possamos ter a dimensão do que vem sendo feito. A priori, estamos com três frentes de atuação. Não, a guerra não foi liberada, ainda tem validade a sentença liminar interlocutório, mesmo com todos os problemas que encontramos nela, que então sendo contestadas nos âmbitos corretos. Não podemos cair no medo de perseguição, desse ambiente persecutório, que alguns pretendem de toda forma construir. Nossa atuação está sendo clara. A questão não é penal, não é criminal, não podemos aceitar a definição de que somos criminosos, não existe tipificação penal que enquadre a espadas, e a utilização do art. 16 in malam partem é  um absurdo. Bem como não existe competência para primeira estância declarar inconstitucionalidade in abstrato.
Em tempo, reitero que o Município tem prerrogativa legal para definir o que é Patrimônio Cultural Imaterial no âmbito de seu território. Mas a sentença proferida em Bonfim ainda é válida, o que nos impede da realizar da nossa festa, mesmo que uma grande injustiça.
O que foi noticiado ontem é algo fabuloso, sim, é importantíssimo, sim. Porque pela primeira vez, temos um laudo técnico construído por metodologia cientifica, validado por ensaios controlados, que afirmam após analise química e física que a espada não é arma de fogo e muito menos é um artefato explosivo.
Nosso entendimento é que não se trata de questão judicial, mas sim administrativa junto ao Exército Brasileiro, a definição e categorização da espada como Artefato pirotécnico, e posterior autorização para o fábrico. Sendo assim, já possuímos, depois de árduo trabalho, de análise preliminar do artefato, agora iremos a nova fase.
No que concerne ao processo de reconhecimento da manifestação cultural “guerra de espadas” como Patrimônio Cultural do Estado demos início.  O Município de Senhor do Bonfim deu entrada junto ao Supremo Tribunal de Justiça ( STJ) uma solicitação para ver a decisão interlocutória de primeira instância.
Estamos aos poucos caminhando para a regulamentação da prática. Reitero  que se houvesse o mesmo impeto por parte de algumas instituições em nos ajudar nesse processo de regulamentação ao invés de nos criminalizar, certamente, já estaríamos mais próximos do objeto que é termos a garantia de exercer nossos direitos culturais em segurança.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br