Conecte-se conosco

Noticias

Começa parceria para tornar Senhor do Bonfim um dos maiores produtores de Leite da Bahia

Publicado

em

Nas décadas de 1970 e 1980, o município de Senhor do Bonfim era um dos maiores produtores de leite do estado da Bahia. Fortes estiagens e falta de investimentos no setor diminuíram a produção. Uma parceria entre prefeitura, por meio da secretaria de Desenvolvimento Agropecuário, pecuaristas, governo do Estado, Instituto Federal e a Cescage Genética prometem mudar essa história.

O primeiro passo foi dado na última terça-feira (23), com a chegada de embriões de alta qualidade genética vindos de Ponta Grossa, Paraná. Os embriões chegaram em recipientes com nitrogênio líquido e foram usados inicialmente em animais pré-selecionados nas Fazenda Lagoa da Pedra e Várzea Cumprida, na região de Quicé.

Em média, o processo de transferência de embriões leva 15 minutos. Os embriões são fertilizados em laboratório e sete dias depois transferidos para a vaca receptora (barriga de aluguel). “A partir de 23 dias é feito o diagnóstico de prenhez e a gestação leva entre 280 e 290 dias”, disse o médico veterinário da Cescage Genética, Leonardo Proença.

A raça escolhida para o melhoramento genético foi a Girolando, adaptada melhor ao clima Semiárido. O criador Aécio Cardoso teve 16 vacas que receberam embriões de genética avançada. “Vamos sair de uma produção de 18 litros de leite por vaca para alcançar uma média de 40 litros por dia. Acredito que é um salto para primeiro mundo”, disse entusiasmado Aécio.

O diretor-geral do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) Campus Senhor do Bonfim – e um grupo de alunos de licenciatura em Ciências Agrárias, acompanharam o processo de transferência de embriões.

A gente tem como propósito desenvolver todo processo de estudo, mapeamento e seleção de raças adequadas. Essa parceria vai trazer para área de pesquisa, extensão e ensino uma potencialidade para o território”, comentou o diretor-geral do IF, Alaécio Santos Ribeiro.

Além de Quicé, criadores do Barro, Passagem Velha e Catuni foram beneficiados com a técnica de melhoramento genético do rebanho. Mais de 70 animais receptores receberam embriões de alta qualidade genética.

A grande vantagem desse projeto é trazer o que existe de melhor em tecnologia de fertilização in vitro para alavancar a nossa pecuária leiteira”, destacou o secretário de Desenvolvimento Agropecuário, Fábio Cedraz.

O programa de melhoramento genético surgiu em 2017 quando o fundador do Cescage Genética, professor José Sebastião Fagundes Cunha, esteve em Senhor do Bonfim. Na oportunidade, o diretor da Cescage participou de um evento no Campus do Instituto Federal.

Em agosto desse ano, uma missão de técnicos do governo da Bahia, juntamente com prefeito Carlos Brasileiro e o secretário Fábio Cedraz, retribuiu a visita e foi ao Paraná. A missão esteve no centro de biotecnologia e reprodução animal da Cescage.

Estamos muito felizes de estar sendo parceiro da Cescage. Estamos convictos que essa parceria com governo do Estado e IF Baiano fará de Senhor do Bonfim referência em melhoramento genético no Brasil“, disse o prefeito Carlos Brasileiro.

Durante o processo de transferência de embriões, o prefeito ainda fez o seguinte comentário: “O nosso governo está trabalhando para melhorar a qualidade dos animais, a renda das famílias, e, consequentemente, melhorar a economia do nosso município“, pontuou.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Paraná se destaca como o segundo maior produtor de leite do País. Nos últimos dez anos, contribuindo em quase um quarto para o crescimento da produção brasileira e elevando sua participação de 10,65%, em 2006, para 14,07%, em 2016, dado mais recente aferido pelo Deral (Departamento de Economia Rural) da Seab (Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná).

*ASCOM – Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim

Continue Lendo
Clique para comentar

Filadélfia

Filadélfia: presidente de associação é executado a tiros e tem a orelha cortada

Publicado

em

Um homem foi morto a tiros na área rural de Filadélfia, no povoado de Papagaio, na manhã desta terça-feira (29). Segundo a Polícia Militar, a vítima foi identificada, João, ele era presidente da Associação de Papagaio. O corpo foi encontrado por populares que passavam pelo local. 

A vítima apresentava perfurações de arma de fogo. A PM esteve no local e constatou o óbito, além das perfurações de arma de fogo a vítima estava com a orelha esquerda cortada, o corpo será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde será periciado. 

A motivação ainda é desconhecida, a Polícia Civil investiga o caso. 

Web Interativa

Continue Lendo

Antônio Gonçalves

Antônio Gonçalves, Caldeirão Grande, Filadélfia e Ponto Novo podem ficar sem recursos de transferências voluntárias

Publicado

em

Pelo menos 25 municípios baianos que têm regimes próprios de previdência social poderão ser punidos e impedidos de receber transferências voluntárias de recursos da União provenientes de convênios, acordos, ajustes ou outros instrumentos similares com a finalidade de realização de obras ou serviços. Isto porque, até agora, não aprovaram alterações legislativas para adequar as alíquotas de contribuição e limitar o rol de benefícios previdenciários pagos pelos regimes próprios a aposentadorias e pensões por morte – como imposto pela Reforma da Previdência, aprovada pelo Congresso Nacional, EC n° 103, de 13/11/2019, após negociação com o governo. O prazo para a aprovação da nova lei da previdência, pelos municípios, se encerra na próxima quarta-feira (30/09). 

Dos 417 municípios baianos, 35 têm Regime Próprio de Previdência Social, e destes, apenas 10 tiveram a legislação aprovada pelas câmaras de vereadores e sancionadas pelos prefeitos. São eles: Feira de Santana, Jacobina, Juazeiro, Ourolândia, Salvador, Santa Maria da Vitória, São Francisco do Conde, Campo Formoso, Camaçari e Jequié. Os três últimos aprovaram a lei, mas ainda precisam fazer a devida comprovação junto à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho – SEPRT, do Ministério da Previdência Social. Nos demais municípios baianos os servidores são filiados ao Regime Geral de Previdência Social – RGPS, administrado pelo INSS.
Os municípios baianos que dispõem de Regime Próprio de Previdências Social e não promoveram a mudança da legislação acordada entre os parlamentares no Congresso Nacional e o governo – e que poderão ser impedidos de receber transferências voluntárias de recursos – são: 
Antônio Gonçalves, Bonito, Caldeirão Grande, Capela do Alto Alegre, Caraíbas, Coração de Maria, Correntina, Filadélfia, Ibicoara, Irajuba, Itabela, Itaberaba, Marcionílio Souza, Morro do Chapéu, Ponto Novo, Quixabeira, Ribeirão do Largo, São Félix do Coribe, São José do Jacuípe, Sapeaçu, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Tapiramutá, Umburanas e Várzea Nova. 
As mudanças propostas são consideradas fundamentais para que os institutos de previdência dos municípios mantenham o equilíbrio das contas e possam, no futuro, honrar os compromissos com os servidores, garantindo o pagamento de suas aposentadorias ou pensões. Hoje, a quase totalidade destes institutos enfrentam dificuldades financeiras e acumulam déficits em seus orçamentos. 
De acordo com a Emenda Constitucional que promoveu a Reforma da Previdência, o rol de benefícios dos regimes próprios de previdência social fica limitado às aposentadorias e pensões por morte. Os afastamentos por incapacidade temporária para o trabalho e o salário-maternidade serão pagos diretamente pelo ente federativo – ou seja o município – e não correrão mais à conta do regime próprio de previdência social ao qual o servidor se vincula. 
Também ficou estabelecido, com a Emenda Constitucional, que “os estados, Distrito Federal e os municípios não poderão estabelecer alíquota inferior à da contribuição dos servidores da União, exceto se demonstrado que o respectivo regime próprio de previdência social não possui déficit atuarial a ser equacionado, hipótese em que a alíquota não poderá ser inferior às alíquotas aplicáveis ao Regime Geral da Previdência Social”. 
Hoje, a tabela de descontos para a contribuição para a previdência, cujos percentuais mínimos dever ser aplicados pelos municípios, é a seguinte: 
Valor Base da Contribuição ou Benefício Recebido

AlíquotaPercentual
até 1 salário-mínimo7,5%
acima de 1 salário-mínimo até R$ 2.000,009%
acima de R$ 2.000,01 até R$ 3.000,0012%
acima de R$ 3.000,01 até R$ 5.839,4514%
acima de R$ 5.839,46 até R$ 10.000,0014,5%
acima de R$ 10.000,01 até R$ 20.000,0016,5%
acima de R$ 20.000,01 até R$ 39.000,0019%
acima de R$ 39.000,0022%

Assessoria de Comunicação Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia

Continue Lendo

Noticias

PRF prende foragido da justiça com mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas em Senhor do Bonfim

Publicado

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde desta terça (29), no KM 117 da BR 407, em Senhor do Bonfim, um homem procurado pela justiça que possuía mandado de prisão em aberto por crime de tráfico de drogas.

Durante comando de fiscalização de combate a crimes, equipe abordou o veículo VW GOL/MI, conduzido por um homem. E em consulta aos sistemas policiais, foi constatado que o motorista, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (tráfico de drogas).

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal e Juri e de Execuções Penais da Comarca de Senhor do Bonfim (BA) e tem validade até 28/08/2039.

Questionado, o homem disse ter conhecimento do mandado de prisão. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e o condutor foi encaminhado à autoridade competente da Delegacia de Polícia Civil de Senhor do Bonfim (BA), para as providências cabíveis.

Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País.

PRF

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br