Conecte-se conosco

Campo Formoso

Embalado, campoformosense Sergio Rios vence mais uma competição nos Estados Unidos

Publicado

em

A sequência de bons resultados do filho de Campo Formoso, Sergio Pichilinga, segue crescente. Atual líder do ranking mundial de Jiu-Jitsu, Sergio venceu, no último sábado (1º), o Fight To Win 95, que foi disputado na cidade de San Diego, a mesma onde o campo-formosense vive atualmente. Em luta única, o adversário foi o norte-americano, também faixa preta, Michael Trasso.

Embora a competição não faça parte do circuito mundial de Jiu-Jitsu tem grande visibilidade nos Estados Unidos e contribui para o lutador conseguir projeção e reconhecimento entre os adversários e potenciais patrocinadores. A luta de Sergio no Fight To Win aconteceu no estilo NoGi, que é quando os lutadores não usam kimono na luta. Ainda este mês acontece o Mundial de Jiu-Jitsu NoGi, na Califórnia, e o lutador baiano já está garantido em mais uma disputa.

“Para essas competições com lutas sem kimono exige um treinamento um pouco diferente. Segurar o adversário e fazer certos movimentos se torna mais difícil. O que também acontece às vezes é que desliza mais e dificulta o controle de certas posições da luta”, explica Sergio Rios ao comentar as particularidades do estilo.

Na ponta do ranking

Em boa fase, Sergio segue absoluto na liderança de sua categoria ranking mundial da UAEJJF (Federação de Jiu-Jitsu dos Emirados Árabes Unidos), o mais disputador do planeta. Com 780 pontos, ele tem 240 à frente do segundo colocado, Antonio Junior, radicado no Reino Unido. Em solo brasileiro, Sergio Rios conquistou a prata na etapa disputada no Rio de Janeiro, em novembro. A próxima competição do circuito será em janeiro de 2019, nos Emirados Árabes.

Campo Formoso Noticias

Continue Lendo
Clique para comentar

Campo Formoso

Polícia Militar detém jovem por pilotar embriagado em Campo Formoso

Publicado

em

Durante uma abordagem de rotina em uma das praças de Campo Formoso, a polícia militar flagranteou um jovem em alto nível de embriaguez e o conduziu até a delegacia da cidade.

O condutor V. N. S. B, de 29 anos estava numa motocicleta marca/modelo HONDA/BIZ 125 ES, licença de Pindobaçú-Ba, porém não possuía os documentos do veículo e estava em visível estado de embriaguez alcóolica.

O mesmo foi conduzido pela guarnição até o Hospital São Francisco, onde foi submetido a uma avaliação médica que atestou que o acusado estava parcialmente embriagado.

Depois de avaliado condutor e veículo foram encaminhados para a delegacia da cidade, onde o mesmo foi apresentado a Autoridade Policial, sendo atuado por Direção Perigosa (Lei Seca), ficando preso a disposição da Justiça.

Continue Lendo

Campo Formoso

Jovem é preso com arma de fogo em frente a bar no interior de Campo Formoso

Publicado

em

Foto Ilustrativa

Na noite da última sexta-feira(07) por volta das 22:30hs, após realizar rondas ostensivas no interior de Campo Formoso, a polícia militar encontrou um jovem armado durante uma abordagem.

A ronda aconteceu no distrito de Tuiutiba, na abordagem a veículos e pessoas em frente a um estabelecimento comercial(bar), o jovem B.H.S.N, de 20 anos, estava com um revólver calibre 38 com 4 munições intactas.

A polícia deu voz de prisão ao jovem que foi conduzido para a delegacia de Campo Formoso e posteriormente para a COORPIN de Sr. Do Bonfim, onde foi lavrado o flagrante.

Redação Campo Formoso Noticias

Continue Lendo

Campo Formoso

Operação fiscaliza crimes ambientais em Campo Formoso e região; mais de 10 já foram presos

Publicado

em

Uma série de crimes ambientais, como o tráfico de animais silvestres e a extração ilegal de areia, foi identificada na 44ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), que acontece de 6 a 17 de maio em dez municípios do norte baiano. Até o momento, 11 pessoas foram presas, quase 300 animais silvestres resgatados, um carro roubado foi recuperado, além de apreendidos uma arma, cerca de R$ 5 mil em dinheiro e metais preciosos oriundos da atividade de garimpo ilegal.

A operação, comandada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), é realizada por 30 órgãos públicos estaduais e federais, além de organizações não-governamentais. As fiscalizações estão acontecendo nos municípios de Campo Formoso, Jacobina, Andorinha, Mirangaba, Miguel Calmon, Várzea Nova, Morro do Chapéu, Ourolândia, Umburanas e Jaguarari.

Segundo o promotor de Justiça Pablo Almeida, da Promotoria Regional Ambiental de Jacobina, a fiscalização é bastante ampla e pretender fazer um diagnóstico da situação ambiental da região. Estão sendo verificadas questões como o saneamento ambiental, através de inspeções em lixões e no sistema de esgotamento sanitário; a qualidade das águas; a ocorrência de desmatamento e existência de carvoarias; a comercialização e aplicação de agrotóxicos; a situação do patrimônio histórico e artístico; a situação de áreas de preservação permanente e de reserva legal, tanto em áreas públicas quanto em propriedades privadas; e a extração mineral. Além disso, as equipes também estão realizando visitas às 28 barragens de água, muitas delas funcionando sem licença ambiental e sem garantir a vazão do rio, explica Pablo Almeida. “Estas barragens têm promovido a morte do Rio Salitre”, advertiu ele.

A caça predatória, o tráfico de animais silvestres e a criação ilegal de animais são outros graves problemas identificados na região que estão sendo combatidos durante a fiscalização. Somente em uma residência no município de Jacobina, foram encontrados 35 animais silvestres em cativeiro ilegal, além de partes de um animal abatido, R$ 5 mil reais em dinheiro e 300 gramas de ouro. O dono do imóvel, que já tinha passagem pela polícia por crimes ambientais, se apresentou na Delegacia e foi preso. Outras oito pessoas presas nos primeiros dias de FPI foram liberadas e responderão pela manutenção ilegal de animais silvestres em cativeiro. No município de Mirangaba, durante a apuração de existência de um cativeiro ilegal de animais, uma das equipes da FPI ainda identificou um veículo clonado, que teria sido roubado em Salvador em novembro de 2013. O homem que se identificou como dono do carro foi preso e responderá pelo crime de receptação.

Extração ilegal

A FPI também identificou a extração ilegal de areia na região, sendo que uma pessoa foi presa em flagrante por receptação do material e seis caminhões que realizavam transporte irregular foram apreendidos.

Audiência Pública

No próximo dia 17, às 8h, os resultados das ações da FPI serão apresentados em uma audiência pública no Auditório do Colégio Municipal Gilberto Dias de Miranda, situado na Rua Antônio Vieira de Mesquita, S/N, Bairro Félix Tomás, em Jacobina.

.

Carlos Britto

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br