Conecte-se conosco

Noticias

Estudante do IF Baiano de Sr. do Bonfim desenvolve projeto de tecnologia para ajudar agricultura local

Publicado

em

Em Senhor do Bonfim, uma jovem estudante, decidida a contribuir para a melhoria da realidade local, desenvolveu um protótipo que tem capacidade de otimizar a mão de obra de diversos agricultores. Esta é a história de uma aluna do curso de ciências da computação, do Instituto Federal Baiano, do Campus de Senhor do Bonfim. Adriana Nascimento arquitetou um protótipo de aviário automatizado que realiza funções como controlar o microclima do ambiente, permitindo que ventiladores liguem quando a temperatura estiver alta e desliguem assim que chegar ao ponto ideal para o local. “A ideia é fornecer um ambiente que melhore a qualidade dos ovos de forma tecnológica e autônoma”, destacou a pesquisadora.

A estudante lembra que os parâmetros de qualidade estabelecidos tecnologicamente foram definidos sob a orientação de professores de zootecnia. Além da temperatura, há um display que permite monitorar a umidade e o estado das cortinas que controlam acesso ao sol ou incitam sombras, pois o calor excessivo, segundo ela, é um dos principais causadores da mortalidade das aves. “Com o controle da temperatura, buscamos melhorar o bem-estar animal e, consequentemente, aumentar a produtividade do ovo”, ressaltou.

De acordo com Adriana, o projeto teve inspiração no contexto da região do semiárido baiano, onde, após visitas ao setor de campo, foi observado que o aviário de galinha de postura existente no Instituto é antigo, e que a maioria das atividades realizadas são manuais, o que demanda a presença constante de um funcionário no local. “Com a automação do aviário, se torna possível melhorar a produção no setor, reduzindo os gastos com mão de obra e energia, visto que os equipamentos de climatização serão ativados somente quando de fato houver necessidade”, disse.

Além de melhorar a vida dos trabalhadores do setor, ela destaca que o projeto veio do desejo de renovar o modelo de aviário que o Instituto possui e assim contribuir para otimizar o serviço. “Outra questão importante é que a automação do aviário com baixo custo é muito relevante para nossa região, já que os pequenos criadores de galinhas geralmente não possuem recursos para investir em tecnologia. Com esse projeto, acreditamos que ajudaremos toda uma cadeia produtiva da região a melhorar sua produção de ovos, ao diminuir o esforço por parte do trabalhador rural”, afirma a estudante ao relembrar que muitas vezes o processo de modernização dos aviários é caro e distancia os pequenos produtores da inovação.

Para reduzir os gastos, foi utilizado o microcontrolador Arduino, um pequeno computador de baixo custo, com poder de processamento e de fácil utilização. “Também buscamos reaproveitar o máximo possível de material para adaptar o aviário à realidade dos pequenos produtores do semiárido baiano”.

O projeto foi apresentado com menção honrosa pela XIX Escola Regional de Computação da Bahia, Sergipe e Alagoas (ERBASE), em maio deste ano, em Ilhéus, e passa pelo processo de angariar recursos para implementar os equipamentos no aviário do Campus onde Adriana estuda. “Nossa pesquisa foi orientada pelo professor de informática do IF Baiano, José Honorato Ferreira Nunes e realizada em parceria com o estudante Javan de Almeida. Para contribuir no andamento do trabalho, recebemos suporte financeiro da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação do IF BAIANO”, concluiu.

Bahia Faz Ciência

A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb) estrearam, no dia 8 de julho, o Bahia Faz Ciência, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em ciência, tecnologia e inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros.

As matérias serão divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estarão disponíveis no site e redes sociais da Secretaria. Se você conhece algum assunto que poderia virar pauta deste projeto, as recomendações podem ser feitas através do e-mail comunicacao.secti@secti.ba.gov.br

bonfimnoticias

Continue Lendo
Clique para comentar

Eleições 2020

Justiça Eleitoral indefere candidaturas em Caldeirão Grande, Saúde e Pindobaçu

Publicado

em

A Justiça Eleitoral indeferiu sete pedidos de registro de candidaturas nas cidades de Caldeirão Grande, Saúde e Pindobaçu.  As impugnações foram apresentadas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Segundo o promotor de Justiça Pablo Almeida, todas as candidaturas apresentavam irregularidades.

O candidato a prefeito do Município de Caldeirão Grande, o ex-prefeito João Gama Neto teve o registro impugnado pelo juiz Rodolfo Barros por encontrar-se inelegível. Ele teve as contas rejeitadas nos últimos oito anos pela Câmara de Vereadores, que acompanhou as recomendações contidas em pareceres técnicos do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM) referentes aos anos de 2015 e 2016.

No município de Saúde, por solicitação do MPE, foi indeferida a candidatura da ex-prefeita Marilene Pereira Rocha ao cargo de vice-prefeita. Segundo o promotor de Justiça, ela também se encontra inelegível por ter tido contas rejeitadas nos últimos oito anos pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE), por conta de irregularidades na prestação de contas referente ao Convênio nº 023/2004, firmado entre a Secretaria do Trabalho e Ação Social (Setras) e o Município de Saúde. “A Corte de Contas reconheceu que a impugnada recebeu os valores do convênio e não comprovou sua utilização em estrita obediência das normas pertinentes, caracterizando irregularidade insanável”, registrou Pablo Almeida.

Já o candidato ao cargo de vereador em Saúde, Paulo Pereira da Silva teve seu registro indeferido por não possuir filiação partidária pelo período mínimo estabelecido na legislação.  Em Pindobaçu, foram impugnadas as candidaturas dos concorrentes ao cargo de vereador Miralva Sena, por a ausência de quitação eleitoral por omissão na prestação de contas da campanha relativa às eleições 2008; Lindalva Cruz, ausência de comprovação de filiação partidária até o dia 04 de abril de 2020 no partido requerente, já que nos registros eleitorais ela encontra-se devidamente filiada a outro partido; Agnelton Marcelo Silva, por não ter sido o candidato escolhido em convenção partidária; e Nilson José Liberal, ausência de quitação eleitoral da candidata por omissão na prestação de contas da campanha relativa às eleições de 2016.

Bahia Notícias

Continue Lendo

Eleições 2020

Eleições Municipais: Todos os eleitores poderão votar das 7h às 10h

Publicado

em

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) esclareceu que, nas eleições municipais de 2020, todos os eleitores poderão votar no horário das 7h às 10h. A votação acontecerá no dia 15 de novembro.

Segundo o tribunal, a Justiça Eleitoral indicou que as pessoas nessa faixa etária comparecessem à votação neste horário preferencialmente, mas não há exclusividade.

Este ano, a votação começará uma hora mais cedo. De acordo com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o objetivo é evitar aglomerações em decorrência da pandemia da covid-19.

Espaço Aberto

Continue Lendo

Noticias

Candidato a vereador é preso com R$ 15 mil na cueca no interior de Sergipe

Publicado

em

Um candidato a vereador de Carira, no semiárido de Sergipe, foi preso ontem com R$ 15.300 em uma sacola escondida na cueca. Edilvan Messias dos Santos, o Vanzinho de Altos Verdes (PSD), foi detido em flagrante por policiais militares que investigavam uma denúncia de compra de votos no povoado de Altos Verdes, zona rural do município.

O PSD anunciou que investigará o caso. O UOL procurou a defesa do candidato, mas não obteve resposta.

Segundo a PM, o flagrante foi realizado depois que a equipe da 2ª Companhia Militar foi informada, por uma denúncia pelo número 190, que pessoas circulavam em dois veículos no povoado sob a suspeita de comprar votos.

Os policiais foram ao local e, após buscas na região, localizaram os suspeitos por volta das 14h30. Durante a abordagem, os policiais encontraram material de campanha dentro de um dos carros, que estava ocupado por um casal.

Ainda de acordo com a PM, ao ser questionado sobre a procedência do dinheiro, Vanzinho de Altos Verdes informou que havia recebido um pagamento na cidade de Itabaiana (SE) e pretendia usar o valor para comprar um veículo.

O suspeito foi apresentado na Delegacia de Carira, onde foi aberto um inquérito para investigar o caso. O PSD disse que vai apurar o caso e avaliar o que fará com o candidato. A reportagem do UOL tenta contato com a defesa do candidato.

A Secretaria de Segurança Pública do Sergipe informou ainda foi instaurado inquérito para apurar o caso, e que o candidato vai responder em liberdade. A Justiça Eleitoral já foi comunicada do caso.

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br