Conecte-se conosco

Noticias

Exame pode identificar autismo em bebês com 3 meses de idade

Publicado

em

O diagnóstico de autismo é desafiador, especialmente no início da vida. Um novo estudo publicado na revista “Scientific Reports” mostra que exames de eletroencefalograma (EEG), que medem a atividade elétrica cerebral, indicam com precisão ou descartam o transtorno do espectro do autismo (TEA) em crianças, mesmo aquelas que têm apenas três meses de idade.

— São exames baratos, não invasivos e relativamente fáceis de serem incorporados às sessões de check-up do bebê — diz Charles Nelson, diretor dos Laboratórios de Neurociência Cognitiva do Hospital Infantil de Boston e coautor do estudo. — Sua confiabilidade em indicar se uma criança desenvolverá autismo levanta a possibilidade de intervir no transtorno muito cedo, bem antes de surgirem sintomas comportamentais claros.

O estudo analisou dados de um projeto do hospital que procura identificar o risco de desenvolvimento de TEA e de dificuldades de linguagem e comunicação em crianças.

Professor de Informática em Saúde da Universidade de San Francisco, que trabalha em conjunto ao Hospital Infantil de Boston, William Bosl trabalha há quase uma década em algoritmos que interpretam sinais de EEG, as sinuosas linhas geradas pela atividade elétrica no cérebro. Sua pesquisa mostra que mesmo um exame que parece normal contém dados “profundos” que refletem a função cerebral, padrões de conectividade e estruturas que só podem ser encontrados com algoritmos de computador.

A equipe do hospital de Boston forneceu a Bosl dados de EEG de 99 bebês considerados de alto risco para desenvolvimento de autismo (que têm um irmão mais velho com o diagnóstico) e 89 considerados de baixo risco (sem um irmão afetado). Os EEGs foram realizados aos 3, 6, 9, 12, 18, 24 e 36 meses de idade, com o uso de uma rede com 128 sensores sobre o couro cabeludo dos bebês. Todos foram submetidos a extensas avaliações comportamentais, como um cronograma para observação do diagnóstico.

Os algoritmos computacionais de Bosl analisaram seis diferentes frequências do EEG — alto gama, gama, beta, alfa, teta, delta —, usando índices que verificam a complexidade dos sinais. Estas medidas podem refletir diferenças em como o cérebro é conectado e de que forma ele processa e integra informações.

Na pesquisa, os algoritmos previram um diagnóstico clínico de TEA com alta especificidade e sensibilidade. A taxa de acerto chegou a 95% em algumas idades.

— Os resultados foram impressionantes — comemora Bosl. — Nosso índice de acerto para os bebês com 9 meses de idade foi quase absoluto. Também conseguimos prever a gravidade do TEA com confiabilidade bastante alta.

Para Bosl, as primeiras diferenças na complexidade do sinal podem dever-se ao fato de que o autismo é um distúrbio que começa durante o desenvolvimento inicial do cérebro. A partir daí, no entanto, o transtorno pode seguir diferentes trajetórias. Em outras palavras, uma predisposição precoce ao autismo pode ser influenciada por outros fatores ao longo do caminho.

— Acreditamos que as crianças que têm um irmão mais velho com autismo contariam com maior possibilidade de desenvolver o transtorno — explica Nelson. — O aumento desse risco, talvez interagindo com outro fator genético ou ambiental, leva algumas crianças a desenvolver autismo.

OGLOBO

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Ponto Novo: Programa Caravana da Saúde atenderá pacientes de Mamota e localidades circunvizinhas nos dias 03 e 04 de abril

Publicado

em

A Prefeitura Municipal de Ponto Novo, através da Secretaria de Saúde estará levando nos dias 03 e 04 de abril a Caravana de Saúde para localidade de Mamota.

Durante estes dias serão ofertados os serviços de: Consultas com clínico geral, ortopedista, dermatologista, realização de exames de ultrassonografia (USG de mamas, transvaginal, obstétrica, tireoide, abdômen total, rins e vias urinárias e musculoesqueléticas), além de atendimentos pelos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF (Psicóloga, Fisioterapeuta, Fonoaudióloga), além de atendimentos odontológicos, realização de exames de preventivo, exames laboratoriais, dispensação de medicamentos e atualização do cartão de vacina.

De acordo com a Secretária de Saúde Marcela Silva esta já é a segunda parada da Caravana da Saúde que tem como objetivo levar os serviços de saúde aos quatro cantos do município, aproximando às comunidades dos serviços proporcionados pela saúde pública municipal.

blogdonettomaravilha

Continue Lendo

Jaguarari

Trabalho de reciclagem em Juacema terá apoio da prefeitura de Jaguarari

Publicado

em

Na manha desta quinta-feira (21), atendendo convite da Associação Socioambiental e Cultural de Juacema e Adjacências, o Secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Fábio Vieira, participou de reunião e também conheceu um pouco mais sobre o “Projeto Recicla Juacema”, desenvolvido pela associação.

O secretário recebeu por parte da presidente da associação, Zilmária Silva de Sena, a solicitação de equipamentos de EPI, envio de uma caçamba duas vezes por mês para auxiliar na coleta do material reciclado, além de repelente e protetor solar.

Após receber as demandas, o secretário disse que irá buscar a melhor forma de atender a solicitação por parte da associação de Juacema que vem realizando um trabalho importante para a localidade.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari-BA

Continue Lendo

Andorinha

Polícia Militar apreendeu carro clonado em Andorinha nesta quinta (21)

Publicado

em

Por volta das 12h do dia 21, quinta-feira, a guarnição do 2º PEL/6ºBPM registrou uma ocorrência de Receptação (Carro Clonado) na Av. Monte Santo, centro de Andorinha.

Houve uma denúncia que o acusado estaria de posse do veículo Fiat/Strada de cor preta, licença de São Paulo com sinais de clonagem.

O acusado e o veículo foram apresentados na Depol.

bonfimnoticias

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br