Conecte-se conosco

Noticias

Filho de ex-prefeito de Capim Grosso é detido por estuprar jovem bonfinense de 18 anos

Publicado

em

A passagem de ano tão aguardada por todos, com esperança de dias melhores teve sabor amargo para a família de uma jovem bonfinense violentada durante a madrugada deste domingo (31). Envergonhada e muito traumatizada ela pediu que seu nome não fosse divulgado, mas relatou os momentos de terror vividos por ela durante o ato criminoso. O autor do estupro foi identificado como Marcus Rodrigues Machado, 34 anos, filho do ex-prefeito de Capim Grosso Francisco Assis Machado Filho, conhecido como Sissi.

A jovem que havia ido até a cidade de Jacobina para a passagem de ano, estava na Boate Mirante, no bairro da caixa D’Água acompanhada de amigos. A Jovem relatou em depoimento a policia que foi ao banheiro sozinha, ao sair não conseguiu encontrar com seu grupo de amigos, nesse momento viu o autor do delito e foi até ele para perguntar a respeito de um dos seus amigos. Marcus, disse que sabia onde estava um amigo da vítima e a levaria até ele. Por ser conhecido dos amigos dela, se deixou ser conduzida, mas Marcus a enganou, conduzindo-a para o acesso da saída de emergência do estabelecimento, onde foi praticado o abuso. O som alto do local impediu que outras pessoas ouvissem os gritos desesperados por socorro.

Short usado pela jovem

Ao notarem a demora, os amigos começaram a busca pela jovem. Para ampliar a área de busca resolveram se separar. Uma de suas amigas conseguiu encontrá-la, porem somente após o ato. Desesperada, sua amiga partiu pra cima, já que o autor do crime tentou fugir. Com família influente e confiando na impunidade, Marcus deixou o local sorrindo e foi para sua casa, local onde foi detido pela policia horas depois. O curioso é que o autor do estupro mesmo sendo pego em flagrante delito encontra-se detido em uma sala na delegacia de policia ao invés de estar em uma cela isolado como determina a lei. 

O Flagrante delito tem o prazo de 24 horas consoante o 1º do art. 306 do Código de Processo Penal. Tendo o mesmo prazo a entrega do auto de culpa, e caso o preso não indique seu advogado, será comunicada a Defensoria Pública.

Art. 306. (…)

1o Dentro em 24h (vinte e quatro horas) depois da prisão será encaminhado ao juiz competente o auto de prisão em flagrante acompanhado de todas as oitivas colhidas e, caso o autuado não informe o nome de seu advogado, cópia integral para a Defensoria Pública. (sem grifos no original).

Art. 5º (…) LXII – a prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados imediatamente ao juiz competente e à família do preso ou à pessoa por ele indicada;

Após o fato tornar-se publico o clima antes de festa, tomou ares de comoção e as redes sociais explodiram diversas manifestações de apoio a jovem e principalmente para que a justiça fosse feita. Em contra partida pessoas próximas a Marcus espalham nas redes sociais e através de aplicativos de troca de mensagens que a vitima e o agressor seriam namorados e que o fato ocorrido na saída de emergência da boate teria sido apenas “briguinha de namorados“. Mesmo que fossem namorados, casados, noivos… etc. Que direito tem esse homem de praticar um crime hediondo desse? É inadmissível que em pleno ano de 2018 crueldades como essa aconteçam e os culpados saiam rindo acreditando na impunidade. Vai um questionamento aos internautas. Se o acusado pelo crime fosse um negro e pobre, teria ele ficado acomodado em uma cela ou na confortável sala onde o rapaz está?

O Código Penal Brasileiro traz na sessão de crimes contra a liberdade sexual em seu artigo 213, o Crime de Estupro, que consiste em forçar alguém a praticar atos sexuais por ameaça ou violência, e tem como pena prisão de 6 a 10 anos.

  • 1o Se da conduta resulta lesão corporal de natureza grave ou se a vítima é menor de 18 (dezoito) ou maior de 14 (catorze) anos:

Pena – reclusão, de 8 (oito) a 12 (doze) anos.

  • 2o Se da conduta resulta morte:

Pena – reclusão, de 12 (doze) a 30 (trinta) anos

Estupro de vulnerável (Incluído pela Lei nº 12.015, de 2009)

Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:

Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

  • 1o Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.
  • 3o Se da conduta resulta lesão corporal de natureza grave:

Pena – reclusão, de 10 (dez) a 20 (vinte) anos.

  • 4o Se da conduta resulta morte:

Pena – reclusão, de 12 (doze) a 30 (trinta) anos.

Vale lembrar que o crime de estupro foi considerado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2009 como crime hediondo, mesmo sem morte ou grave lesão da vítima.

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Ponto Novo: Programa Caravana da Saúde atenderá pacientes de Mamota e localidades circunvizinhas nos dias 03 e 04 de abril

Publicado

em

A Prefeitura Municipal de Ponto Novo, através da Secretaria de Saúde estará levando nos dias 03 e 04 de abril a Caravana de Saúde para localidade de Mamota.

Durante estes dias serão ofertados os serviços de: Consultas com clínico geral, ortopedista, dermatologista, realização de exames de ultrassonografia (USG de mamas, transvaginal, obstétrica, tireoide, abdômen total, rins e vias urinárias e musculoesqueléticas), além de atendimentos pelos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF (Psicóloga, Fisioterapeuta, Fonoaudióloga), além de atendimentos odontológicos, realização de exames de preventivo, exames laboratoriais, dispensação de medicamentos e atualização do cartão de vacina.

De acordo com a Secretária de Saúde Marcela Silva esta já é a segunda parada da Caravana da Saúde que tem como objetivo levar os serviços de saúde aos quatro cantos do município, aproximando às comunidades dos serviços proporcionados pela saúde pública municipal.

blogdonettomaravilha

Continue Lendo

Jaguarari

Trabalho de reciclagem em Juacema terá apoio da prefeitura de Jaguarari

Publicado

em

Na manha desta quinta-feira (21), atendendo convite da Associação Socioambiental e Cultural de Juacema e Adjacências, o Secretário de Infraestrutura e Obras Públicas, Fábio Vieira, participou de reunião e também conheceu um pouco mais sobre o “Projeto Recicla Juacema”, desenvolvido pela associação.

O secretário recebeu por parte da presidente da associação, Zilmária Silva de Sena, a solicitação de equipamentos de EPI, envio de uma caçamba duas vezes por mês para auxiliar na coleta do material reciclado, além de repelente e protetor solar.

Após receber as demandas, o secretário disse que irá buscar a melhor forma de atender a solicitação por parte da associação de Juacema que vem realizando um trabalho importante para a localidade.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari-BA

Continue Lendo

Andorinha

Polícia Militar apreendeu carro clonado em Andorinha nesta quinta (21)

Publicado

em

Por volta das 12h do dia 21, quinta-feira, a guarnição do 2º PEL/6ºBPM registrou uma ocorrência de Receptação (Carro Clonado) na Av. Monte Santo, centro de Andorinha.

Houve uma denúncia que o acusado estaria de posse do veículo Fiat/Strada de cor preta, licença de São Paulo com sinais de clonagem.

O acusado e o veículo foram apresentados na Depol.

bonfimnoticias

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br