novembro 19, 2018 7:18 pm
Home / Eleições 2018 / Ibope: 32% dos eleitores votariam num candidato para evitar vitória de outro

Ibope: 32% dos eleitores votariam num candidato para evitar vitória de outro

Sérgio Lima Pesquisa Ibope indica que 32% dos eleitores pode recorrer ao voto útil

A pesquisa Ibope divulgada na 3ª feira (18.set.2018) revela que 32% do eleitorado brasileiro está propenso a dar um voto útil para impedir a vitória de outro candidato. Segundo o estudo, 1 terço dos entrevistados disseram que seria “alta” ou “muito alta” a probabilidade de escolher um nome que não seja o seu preferido para evitar que outro candidato vença a disputa.

Ao todo, 14% classificaram a possibilidade como “muito alta” e 18% disseram que a chance é “alta”. 18% disseram que a possibilidade é média, enquanto 20% classificaram como “baixa” e 23% como “muito baixa”. 6% não souberam opinar ou não responderam.

Rejeição

A propensão a apelar para o voto útil aumenta a importância de outro indicador medido pelas pesquisas: a rejeição. Nos levantamentos do Ibope, em que a pergunta é “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”, os eleitores podem citar mais de um candidato, mas não são questionados sobre cada 1 dos concorrentes individualmente.

Bolsonaro é quem tem a maior rejeição, mas a de Haddad é a que mais cresceu na última semana, depois que foi oficializado candidato.

Na pesquisa de intenção de voto, Jair Bolsonaro (PSL) segue à frente, agora com 28%. O candidato do PT, Fernando Haddad, cresceu 11 pontos percentuais em sua primeira semana como substituto de Lula –saiu de 8% para 19%. Com isso, o petista abriu 8 pontos de vantagem sobre Ciro, seu principal rival na disputa por uma vaga no 2º turno.

 

Você pode Gostar de:

Andorinha: Família procura por homem que está desaparecido

Familiares de Edemilson Neri dos Santos, estão em busca de informações sobre o seu paradeiro.  …