Conecte-se conosco

Jaguarari

Justiça anula decisão da câmara e prefeito retorna ao cargo em Jaguarari

Publicado

em

O Tribunal de Justiça da Bahia concedeu liminar e anulou a decisão da Câmara Municipal de Jaguarari, que nesta quarta-feira (21) afastou do cargo o prefeito Everton Rocha sob a acusação de pratica de crime político/administrativo. O magistrado não avaliou o mérito, mas apenas as formalidades do afastamento, decidido por ampla maioria da Casa de Leis.

No entanto, houve irregularidades como a ausência de ampla defesa ao prefeito. Segundo a decisão proferida pelo Des. Roberto Maynard Frank, ocorreu por parte da Comissão Parlamentar Processante o descumprimento da medida liminar proferida que determinava a oitiva da testemunha Sr. Heliodoro Lucas Duarte Dourado.

Na petição juntada hoje às 13h36m, o Agravante noticia que a referida testemunha compareceu para ser ouvida, mas tal oitiva foi indeferida, o que acarretaria descumprimento da decisão liminar. Após a apreciação dos argumentos e documentos ficou evidente que houve recusa na oitiva da testemunha, ao argumento de ausência do comparecimento dos advogados de Defesa.

Desta forma Des. Roberto Maynard Frank afirma que não foram respeitados os direitos de ampla defesa/contraditório consagrados na Constituição Federal e determinou o imediato retorno do prefeito Everton Rocha ao cargo.

Confira a Decisão:

Vieram-me agora conclusos os autos para apreciar petitório (Id. 734697) que alega o descumprimento da medida liminar proferida nestes autos, no que toca à recusa de oitiva da testemunha Sr. Heliodoro Lucas Duarte Dourado.

Em decisão concessiva de efeito suspensivo (Id. 673410), dentre outras medidas, determinei que fosse garantido à defesa que trouxesse a testemunha referida para oitiva na audiência a ser marcada pela Comissão Processante.
Na petição juntada hoje às 13h36m, o Agravante noticia que a referida testemunha compareceu para ser ouvida, mas tal oitiva foi indeferida, o que acarretaria descumprimento da decisão liminar.

A apreciação dos argumentos e documentos revela que houve recusa na oitiva da referida testemunha, ao argumento de ausência do comparecimento dos advogados de Defesa. À luz do quanto exposto, denoto que foi negada efetividade à decisão liminar antes proferida, na medida em que a permissão para comparecimento da testemunha implica, como consectário lógico, que ela seja ouvida no caso de se apresentar, ainda mais quando observado que a pessoa referida se trata de peça essencial mencionada nos atos acusatórios, conforme explicitado pela própria Comissão Processante.

No particular, o comparecimento da testemunha foi medida concedida em efeito suspensivo com o fim de garantir máxima efetividade aos princípios do contraditório e da ampla defesa, assegurados na Constituição Federal e que devem ser especialmente observados em procedimentos que tais, por haver procedimento de cassação do mandato de um representante do povo eleito pelas vias legais e democráticas.

Desta sorte, vislumbro no fato narrado, o descumprimento de parcela da medida liminar já proferida nestes autos, o que enseja a adoção de medida para a garantia de sua autoridade e para assegurar o amplo exercício do direito de defesa do Agravante, neste ponto específico.

Diante do exposto, determino a suspensão do processamento da Comissão Processante para que se efetive a garantia do direito de oitiva da testemunha, na forma do quanto já decidido anteriormente. Comunique-se o juízo de origem sobre o teor desta decisão.

Confiro força de mandado a presente decisão e determino a cientificação do Agravado por qualquer meio que garanta maior celeridade ao ato.

Publique-se. Intimem-se.

Salvador/BA, 21 de fevereiro de 2018.
Des. Roberto Maynard Frank
Relator

Continue Lendo
Clique para comentar

Jaguarari

Boletim Epidemiológico JAGUARARI – 22 de Outubro

Publicado

em

Divulgamos nesta edição que foram diagnosticado 02 novos casos de coronavírus por exame RT-PCT (LACEN), sendo 01 da sede e 01 da Fazenda Bruteiro.
Continuam em acompanhamento 31 casos na fase ativa, sendo 06 assintomáticos e 25 sintomáticos. No momento, 02 pacientes permanecem internadas, sendo 01 em UTI e 01 em enfermaria.

Qualquer dúvida relacionada ao COVID-19, utilize a central de atendimento mandando mensagem de WhatsApp para (74) 99948 0045 ou Ouvidoria Municipal através do número (74) 99976-4748.

Continue Lendo

Jaguarari

Jaguarari: Acidente no distrito de Pilar deixa um homem ferido

Publicado

em

Uma colisão envolvendo uma caminhonete e uma motocicleta deixou o condutor da moto ferido, no início da noite deste sábado, dia 17, por volta das 18h20, em uma das entradas do distrito de Pilar, zona rural de Jaguarari.

Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente, mas a caminhonete VW Amarok, placas de Petrolina-PE colidiu numa motocicleta e ainda atingiu uma pilastra localizada no contorno que da acesso ao distrito. Segundo informações o motociclista foi socorrido pelo SAMU para UPA de Pilar, com suspeita de fraturas, já o condutor da Amarok aparentemente não se feriu.

Portal Jaguarari

Continue Lendo

Jaguarari

Boletim Epidemiológico JAGUARARI – 14 de Outubro

Publicado

em

Divulgamos nesta edição que não foi diagnosticado nenhum novo caso de coronavírus nas últimas 24 horas. Continuam em acompanhamento 16 casos na fase ativa, sendo 02 assintomáticos e 14 sintomáticos.
No momento, 02 pacientes permanecem internadas em UTI com quadro estável. Qualquer dúvida relacionada ao COVID-19, utilize a central de atendimento mandando mensagem de WhatsApp para (74) 99948 0045 ou Ouvidoria Municipal através do número (74) 99976-4748.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br