Conecte-se conosco

Noticias do Mundo

Leonardo da Vinci pode ter desenhado ‘Mona Lisa nua’, dizem especialistas

Publicado

em

Desenho de uma modelo nua bastante semelhante à Mona Lisa pode ter sido feito por Leonardo da Vinci – Jean-Pierre Muller/AFP (esquerda) / PHOTO JOSSE – LEEMAGE – AFP (direita)

O desenho de uma modelo nua bastante semelhante à Mona Lisa pode ter sido feito por Leonardo da Vinci, disseram especialistas à AFP nesta quinta-feira. Cientistas do Museu do Louvre, em Paris, onde a obra-prima do pintor está exposta, estão analisando um desenho a carvão conhecido como a “Monna Vanna” que foi atribuído ao estúdio do artista florentino. A pintura está sendo chamada de “Mona Lisa nua”.

O desenho pertence, desde 1862, à enorme coleção de arte renascentista do Museu Condé, no Castelo de Chantilly, ao norte da capital francesa. Os curadores do museu acreditam, após um mês de testes no Louvre, que o “desenho é, pelo menos em parte”, de Da Vinci.

“O desenho tem uma qualidade na forma. O modo como o rosto e as mãos foram executados que é realmente notável. Não é uma cópia inferior”, disse o conservador Mathieu Deldicque à AFP.

“Estamos olhando para algo que foi trabalhado em paralelo com a Mona Lisa, no final da vida de Leonardo. É quase certamente um trabalho preparatório para uma pintura a óleo”, , afirmou, sugerindo que o desenho está intimamente ligado à Mona Lisa.

Segundo Deldicque, as mãos e o corpo são quase idênticos aos da obra-prima de Da Vinci. O desenho é quase do mesmo tamanho da Mona Lisa, e pequenos buracos perfurados em torno da figura indicam que ela pode ter sido usada para traçar sua forma em uma tela, argumentou.

O especialista em conservação do Louvre Bruno Mottin confirmou que o desenho data da época em que Da Vinci viveu, no início do século XV, e que era de uma “qualidade muito alta”. Testes já revelaram que não se trata de uma cópia de um original perdido, disse o especialista ao jornal “Le Parisien”. Ele observou, no entanto, que todos devem “permanecer prudentes” sobre a atribuição definitiva a Da Vinci, que morreu na França em 1519.

“O tracejado na parte de cima do desenho perto da cabeça foi feito por uma pessoa destra”, destacou Mottin, acrescentando que Da Vinci desenhava com a mão esquerda. “É um trabalho que vai levar algum tempo. Este é um desenho sobre o qual é muito difícil trabalhar porque é particularmente frágil”, disse o especialista.

A data prevista por Mottin para a equipe do museu esclarecer a identidade do autor da pintura é em até dois anos, a tempo para uma exposição no Chantilly que lembrará o 500º aniversário da morte de Leonardo da Vinci.

Mais de 10 especialistas estudaram cuidadosamente o desenho nas últimas semanas, usando uma variedade de escâneres e outros métodos científicos. Suas investigações se concentraram em averiguar se o desenho foi feito antes ou depois da Mona Lisa, que foi pintada após 1503.

O desenho do Chantilly foi originalmente atribuído ao mestre toscano quando foi comprado pelo duque de Aumale, em 1862, por 7 mil francos, uma quantia substancial na época.

Mais tarde, os especialistas tiveram dúvidas sobre a autoria e concluíram que era mais provável que o desenho tinha sido feito por algum membro do estúdio do artista.

OGLOBO

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias do Mundo

Facebook vai impedir que usuários suspeitos façam transmissão ao vivo na rede social

Publicado

em


Foto: Dado Ruvic/Reuters

O Facebook vai impedir que usuários que violarem regras da plataforma consigam fazer a ferramenta de streaming de vídeo na rede social. A novidade é uma resposta da empresa ao uso da plataforma durante ataques terroristas na Nova Zelândia, transmitidos ao vivo no Facebook.

Em nota divulgada pela empresa, Guy Rose, vice-presidente de Integridade do Facebook, diz que a rede social vai suspender o uso da Live a infratores por um determinado período de tempo já a partir da primeira violação.

“Assim, alguém que compartilhe um link para uma declaração de algum grupo terrorista agora será imediatamente impedido de usar o Live por um determinado período de tempo, por exemplo. Nosso objetivo é minimizar o risco de abuso no Live, ao mesmo tempo em que permitimos que as pessoas usem de maneira positiva todos os dias”, explicou Rose.

A rede social também anunciou que vai investir US$ 7,5 milhões em estudos universitários que possam ajudar a melhorar a tecnologia de análise de imagens e de vídeos. A medida visa melhorar o entendimento do algoritmo da rede social, que falou na identificação de violência durante os atentados na Nova Zelândia.

Três universidades foram contratadas para desenvolver estudos para o Facebook: a Universidade de Maryland, Cornell e a Universidade da Califórnia, em Berkeley. Eles serão responsável por estudar táticas de como detectar mídias modificadas, incluindo imagens, vídeo e áudio, além de distinguir publicações de indivíduos que intencionalmente modificam vídeos e fotos de pessoas que postam inadvertidamente.

“Essas parcerias são apenas uma parte dos nossos esforços – nos próximos meses, buscaremos colaborações adicionais para que todos possamos avançar o mais rápido possível e ficarmos à frente dessa ameaça”, completou o executivo.

Estadão

Continue Lendo

Noticias do Mundo

Rede mundial de computadores (o www!) completa 30 anos

Publicado

em


© Fornecido por Abril Comunicações S.A. Tim Berners-Lee, o criador do protocolo WWW, trabalhava no CERN, a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, na Suíça.

Lembra quando para “entrar” na internet era preciso escrever um endereço que começava com www? Essas três letrinhas, que significam world wide web, ou a rede mundial de computadores, foram grandes responsáveis por podermos aproveitar o melhor da internet.

Hoje em dia a gente nem pensa mais nisso: o endereço desse site, pode ir conferir ali em cima, não tem mais www. E mesmo o conceito de “entrar na internet” parece antigo, já que agora estamos conectados todo o tempo, com nossos celulares e outros aparelhos.

Foi em 1989 que Tim Berners-Lee, um cientista inglês, criou a tal rede mundial. A internet, mesmo, já existia, mas era pouco acessível às pessoas comuns. Ao criar o www, um protocolo que permitia que navegadores conseguissem acessar informações em websites, tudo ficou mais fácil. E como esses sites podiam linkar uns aos outros, estava criada a rede.

Trinta anos depois a internet cresceu e amadureceu, e hoje em dia outros programas, como os aplicativos de celular, por exemplo, utilizam outros protocolos. Mas o www resiste – mesmo tendo sumido dos endereços dos sites, esse ambiente por onde transitamos usando os navegadores como Google Chrome, Firefox, Safari ou Microsoft Edge ainda é a rede mundial de computadores inventada por Tim Berners-Lee.

A rede mundial de computadores virou Doodle

Para celebrar os 30 anos do www, o Google preparou uma homenagem em forma de Doodle, na página inicial do site nesta terça-feira (12). Com uma ilustração que pode despertar sentimentos nostálgicos nos mais velhos, um computadorzinho como os de antigamente, conectado à parede, carrega devagarzinho um globo terrestre, mostrando como, com a rede mundial de computadores, o mundo ficou mais acessível para todos nós.

M de Mulher

Continue Lendo

Noticias do Mundo

Guaidó pedirá ao Parlamento declaração de ‘estado de alerta’ na Venezuela

Publicado

em


© Sérgio Lima O autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, durante visita ao Brasil

autodeclarado presidente interino da Venezuela e líder da oposição, Juan Guaidó, anunciou neste domingo (10.mar.2019) que pedirá ao Parlamento declaração de “estado de alerta” na Venezuela. O pedido será realizado na 2ª feira (11.mar).

O país sofre 1 apagão desde 5ª feira (7.mar). O objetivo da medida, segundo Guaidó, é pedir ajuda internacional.

“Para o dia de amanhã convocamos uma sessão de emergência extraordinária de urgência do Parlamento Nacional para tomar ações imediatas em relação à ajuda humanitária necessária”, disse Guaidó em entrevista coletiva.

A apagão sem precedentes já deixou 17 pacientes renais mortos. É a pior crise já registrada no país de 30 milhões de habitantes. O blackout teve início às 16h53 locais (17h53 em Brasília).

A crise energética se transformou em 1 novo atrito entre o presidente Nicolás Maduro e Juan Guaidó. No sábado (9.mar), opositores e apoiadores do regime de Nicolás Maduro foram às ruas de Caracas para protestar.

As manifestações foram inicialmente convocadas por Juan Guaidó, que chamou o povo a “expressar maciçamente nas ruas contra o regime usurpeante, corrupto e incapaz”. Maduro e seus apoiadores reagiram.

Poder360

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br