Conecte-se conosco

Noticias

Marina diz estar “calçada” após a Lava Jato para escolher aliados

Publicado

em

A candidata da Rede à Presidência da República, Marina Silva, garantiu nesta quinta-feira estar “calçada” após a operação Lava Jato para escolher seus aliados e eventual equipe de governo, caso eleita. Confrontada com o fato de ter participado em 2014 da chapa de Eduardo Campos (PSB), citado por delatores da Odebrecht na Lava Jato após sua morte naquele ano, e questionada sobre o apoio declarado no segundo turno da disputa eleitoral ao candidato tucano Aécio Neves, atualmente réu, a presidenciável disse não ter “compromisso com o erro”.

REUTERS/Ueslei Marcelino Candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, durante evento em Brasília

“Hoje estou muito bem calçada depois da Lava Jato”, disse a candidata em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, na noite desta quinta-feira, acrescentando que adotará medidas de combate à corrupção sugeridas pela Transparência Internacional.

Marina aproveitou ainda para abordar dúvidas sobre a sua capacidade de construir alianças e explicou que o critério para a formalização de apoios não passa por questões partidárias, mas por pessoas específicas com quem haja convergências.

“O recorte não é partidário”, reafirmou, entoando a ideia já declarada nas últimas eleições segundo a qual escolherá “os melhores” de cada sigla para governar.

A presidenciável também questionou o fato de receber críticas tanto pelas alianças que celebra, quanto pela aparente “seletividade” para compor apoios.

“É engraçado que as pessoas cobram numa hora ‘mas a senhora não tem aliança, não tem coligação’. Quando eu faço aliança com aqueles que sobraram dessa miscelânea de corrupção, aí as pessoas me atiram”, disse.

PESO DE OURO

Ela negou, ainda, que tenha sido incoerente ao escolher como companheiro de chapa Eduardo Jorge, do PV, partido que deixou para criar a Rede. À época, Marina alegou que saía da sigla para manter a coerência.

“Continuo coerente porque eu e Eduardo Jorge nunca tivemos divergência, a minha saída do PV tinha a ver com a visão de processo em relação a que eu queria que o PV se tornasse um partido em rede”, explicou.

“Não vejo incoerência nenhuma, a incoerência sabe o que é? É fazer aliança por tempo de televisão. É fazer aliança em troca de dinheiro para enganar a população com marqueteiro vendido a peso de ouro. Isso que é incoerência.”

Depois, instigada a expor suas ideias sobre temas polêmicos como a reforma da Previdência –a candidata tem adotado a postura de defender o debate em vez de apresentar medidas fechadas– Marina criticou o que chamou de “cultura de pacotes”.

“Tem gente que se incomoda com a ideia de debater. Porque a gente se acostumou com os pacotes, a gente vem da cultura dos pacotes, um em cima do outro”, respondeu.

“Quando a gente diz que vai debater, que vai dialogar, parece estranho. Mas na democracia isso é o normal.”

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

BONFIM: Nomes de secretariado de Laércio Junior não passam de especulações

Publicado

em

Nos bastidores da cidade de Senhor do Bonfim, surgiu rumores de supostos nomes de integrantes do secretariado do prefeito eleito Laércio Junior do DEMOCRATAS, nossa reportagem esteve diretamente com o prefeito e vice-prefeito Eliseu Rios, afim de checar essa informação.

Laércio e Eliseu, garantiram a falta de compromisso em rateamento de cargos, pois não foi feito compromisso com ninguém e a escolha será técnica e sem pressão de seja lá quem for.

Na verdade existe muita gente se auto denominado secretario sem nenhum aval dos gestores, talvez seja este o motivo dos boatos e Fake News, sobre supostos nomes.

Laércio e Eliseu, tem feito reuniões, com representante de cada área, afim de ouvir sugestões de cada setor e assim fazer uma escolha dentro de uma coerência e sensatez.

Embora a grande pressão é por parte de pessoas pedido emprego, o novo governo pretende iniciar com a maquina enxuta, até por que tendo invista a pandemia em 2020, a previsão no próximo ano é de queda no orçamento.

Redação do Cleber Vieira News

Continue Lendo

Campo Formoso

Campo Formoso: Operação da PF de Curitiba prende em Juazeiro, no presídio, vereador Zé Lambão. Operação no Brasil é contra o narcotráfico Internacional e lavagem de dinheiro

Publicado

em

Reeleito, mesmo preso em Juazeiro, o vereador Zé Lambão, recebeu voz de prisão decretada pela Justiça Federal do Paraná. Esquema milionário foi desarticulado pela PF em vários estados. Zé Lambão, foi um dos alvos> alvo da operação.

A Polícia Federal cumpre 217 mandados judiciais, sendo 66 de prisão e 151 de busca e apreensão, em uma operação contra tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. Os mandados estão sendo cumpridos em cidades do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco.

Segundo a Receita Federal, oito mandados também estão sendo cumpridos na Espanha, Colômbia, Portugal e Emirados Árabes Unidos. A ação foi batizada de Enterprise e R$ 400 milhões em bens dos investigados foram sequestrados por determinação da Justiça.

Até a última atualização da reportagem, os policiais tinham apreendido armas, dinheiro e drogas. Em Natal, três mandados de busca e um de prisão também foram cumpridos.

Maior operação da história, segundo a PF

Ainda segundo as informações da Receita Federal, foram concedidos 37 pedidos de arresto, o mesmo que apreensões, de aeronaves. Além disso, entre os bens dos investigados, que são alvos de sequestro judicial, estão imóveis e veículos de luxo.

A operação Enterprise é considerada a maior do ano no combate à lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros, de acordo com a PF.

O Globo

Adaptação texto Blog do Walterley

Confira o mandado de prisão na íntegra.MP-JOSE-ALBERTO-DE-CARVALHO-PEREIRA

blogdowalterley

Continue Lendo

Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari divulga novo boletim epidemiológico desta segunda (23)

Publicado

em

Divulgamos nesta edição que foram diagnosticados 21 novos casos de coronavírus, sendo 15 por exame RT-PCR (LACEN) e 06 por Teste Rápido. Com relação à residência, 18 são da sede, 01 do distrito de Juacema, 01 do distrito de Gameleira e 01 do distrito de Pilar.
No momento, 700 pacientes já estão recuperados (94%) e 04 pacientes permanecem internados.

Qualquer dúvida relacionada ao COVID-19, utilize a central de atendimento mandando mensagem de WhatsApp para (74) 99948 0045 ou Ouvidoria Municipal através do número (74) 99976-4748.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br