Conecte-se conosco

Noticias

Mensagens que se autodestroem podem chegar ao WhatsApp em breve

Publicado

em

No mês passado, o site WABetaInfo descobriu na versão 2.19.275 do beta do app uma função chamada “disappearing messages” (“mensagens que desaparecem”, em português), função esta que recebeu o novo nome “Delete Messages” (“apagar mensagens”, em tradução livre) na versão 2.19.348, a mais recente do beta para Android.

© pixabay

Ainda que o novo nome dê a impressão de que é algo que já existe no aplicativo em si (a remoção de mensagens que foram enviadas para um grupo ou contato errado), a ideia é algo muito mais próximo de filmes de espiões como Missão: Impossível e permite que você envie mensagens que se “autodestroem”; ou seja, que, depois de um tempo, são apagadas automaticamente.

Como é possível ver pelo print abaixo, a função não será totalmente customizável, e você terá algumas opções definidas de por quanto tempo a mensagem poderá ser visualizada. Atualmente, as opções disponíveis no beta são de apagar a mensagem após uma hora, um dia, uma semana, um mês ou um ano.

Opções de tempo que uma mensagem pode ser visualizada antes de ser apagada automaticamente (Imagem: WABetaInfo)
Opções de tempo que uma mensagem pode ser visualizada antes de ser apagada automaticamente (Imagem: WABetaInfo)

Por enquanto, essa é uma função existente mas que ainda não é funcional – quer dizer que, mesmo que você já tenha acesso à versão mais atualizada do beta do WhatsApp no Android, é possível encontrar essa função no menu de opções mas ela não irá apagar suas mensagens automaticamente. Mesmo assim, já dá para conferir que quem terá acesso ao recurso serão apenas os administradores de um grupo, e não todos os usuários que fazem parte dele.

Por enquanto, ainda não se sabe quando essa função passará a funcionar efetivamente no beta, ou mesmo quando ela estará disponível para todos os usuários do aplicativo — mas é provável que a disponibilização para todos ainda demore alguns meses.

Fonte: Android Central

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Mulher é morta a pedradas no distrito de Quicé em Senhor do Bonfim

Publicado

em

Nossa reportagem foi informada e já confirmamos com autoridades policiais que uma mulher foi morta apedrejada no distrito de Quicé, zona rural de Senhor do Bonfim.

Conhecida como Nenê, a Polícia Técnica ira fazer o levantamento cadavérico e a Polícia Civil deve abrir inquérito para apurar, autoria e motivação desse crime.

Netto Maravilha / Imagem Ilustrativa

Continue Lendo

Noticias

Condutores podem dirigir com CNH vencida sem risco de punições, afirma DETRAN/BA

Publicado

em

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) esclarece que o condutor com carteira de habilitação (CNH) vencida desde 19 de fevereiro pode continuar dirigindo, por tempo indeterminado, sem o risco de multa e remoção do veículo.

A flexibilização na regra da validade da carteira  cumpre a deliberação 185/2020, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que estabeleceu medidas para minimizar os impactos da pandemia da Covid-19.

Mesmo com a autorização para o motorista usar a CNH vencida, a renovação do documento tem sido o serviço mais procurado no Detran-BA, por meio de agendamento no SAC Digital, representando cerca de 40% das solicitações.

“Não era prevista essa demanda para a renovação da habilitação,  justamente porque ela deixou de ser obrigatória. Entendemos que muitos motoristas possam ficar com receio de rodar com a CNH fora da validade, mas não existe motivo para se preocupar. A resolução do Contran é a garantia que eles não precisam trocar a carteira,  a não ser nos casos de quem pretende incluir atividade remunerada ou está com CNH que venceu antes de 19 de fevereiro”, ressaltou o diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel.

Ascom Detran-BA

Continue Lendo

Noticias

Sr. do Bonfim: Servidores demitidos do Hospital Regional reclamam de atrasos nas parcelas do acordo de municipalização

Publicado

em

O nosso site recebeu uma denúncia dos servidores do Hospital Regional de Senhor do Bonfim, que foram demitidos no acordo da municipalização na gestão do Prefeito Dr. Correia em 2016.

Segundo denúncias, às parcelas que eram pagas de 4 em 4 meses, desde 2016, foram interrompidas em Maio deste ano, 2020, sem nenhuma explicação ou justificativa, bem como a falta de correção entre outras informações de interesse da coletividade, falta de transparência no processo.

Com a palavra aos representantes do SINDSAUDE no município de Senhor do Bonfim, para os devidos esclarecimentos.

Cleber Vieira News

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br