Conecte-se conosco

Noticias

O colapso iminente dos leitos de UTI no Vale do São Francisco e a tragédia que tem culpados

Publicado

em

O percentual de ocupação de leitos públicos de UTI Covid no Vale do São Francisco flutuou entre 90% e 95% nos últimos dias e os novos casos do novo coronavírus continuam a crescer. Unidades importantes como o Hospital Universitário (HU) e os hospitais particulares com leitos contratados para o SUS chegaram a 100% de ocupação nesse período. Estamos, neste momento, à beira do temido caos, quando o sistema de saúde entra em colapso e pessoas que dependem do SUS podem morrer à mingua nos corredores dos hospitais lotados.

O aumento no número de casos da chamada segunda onda tem papel importante no cenário atual. Os números de casos vêm crescendo de forma assustadora na região, sem sinais de desaquecimento. Entretanto, nossa equipe apurou que mais de 50 leitos de UTI Covid foram fechados desde o fim da primeira onda de contágio. Esses leitos fechados e que não foram reabertos, mesmo após vários dias com a capacidade de internação beirando os 100%, colocam em risco as cerca de 3 milhões de pessoas que vivem na nossa região.

O Governo do Estado da Bahia é responsável pelo fechamento de 10 leitos de UTI Covid que eram disponibilizados no Hospital Pró-Matre de Juazeiro até setembro, e o Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) ainda bloqueou metade dos seus 20 leitos. Afora isso, a administração retirada à força do HRJ, após operação da Polícia Federal (PF), vinha deixando uma assistência precária à saúde da população, com falta de medicações e insumos, além de atrasos salariais aos profissionais de saúde atuantes nas linhas de frente contra a Covid-19.

Por outro lado, o Governo de Pernambuco havia investido em 10 leitos de UTI Covid na UPAE de Petrolina e também no hospital de campanha, que chegou a 20 leitos de UTI Covid disponíveis.

Todos esses trinta leitos foram desativados e o hospital de campanha já foi desmontado. Segundo apurado pela nossa equipe de reportagem, não há previsão de reabertura dos leitos fechados em nenhum dos dois governos estaduais da rede, seja Pernambuco ou Bahia.

O Governo Federal também chegou a disponibilizar 20 leitos de UTI Covid via EBSERH no HU, que chegou a fazer contratações emergenciais de funcionários para atuar contra o Covid e a universidade conseguiu a doação de 20 respiradores para atuar contra a pandemia.

Decisões vindas da EBSERH em Brasília determinaram a devolução dos 20 respiradores para o Estado de Pernambuco, sequer tendo entrado em operação. Dos 20 leitos de UTI Covid que chegaram a ser abertos, apenas 10 estão em funcionamento. Segundo apurado pela nossa equipe, houve pretensão de reabertura dos 10 leitos desativados, mas isso foi novamente impedido por determinação da EBSERH de Brasília.

Nos níveis municipais, só a Prefeitura de Petrolina contratou leitos de UTI Covid em hospitais privados da cidade. Juazeiro, cidade de grande porte da região, não se mobilizou no sentido de oferecer leitos de UTI Covid. Essa triste realidade também foi sentida nas demais cidades da região.

O que a segunda onda tem ensinado é que a pandemia não acabou e que cuidados precisam ser mantidos para prevenção de contágio. Também ensinou que os poderes federal, estadual e municipal precisam se unir no enfrentamento. Afinal, a responsabilidade é de todos.

Infelizmente, até o momento, a segunda onda parece estar sendo em grande parte negligenciada pelos nossos governantes, que não determinaram a reabertura de leitos aos patamares vistos na primeira onda que assolou a região. Se há disputas dos governantes de quem assume os custos, uma coisa é certa: quem está pagando essa conta de irresponsabilidade é a população do Vale do São Francisco, e poderemos contar mais mortos, muito mais em poucos dias.

Esperamos (ao menos) notas dos citados na matéria. O espaço para a resposta esta garantido. Aguardamos.

Carlos Britto

Noticias

Senhor do Bonfim: Ação coordenada retira barracos existentes no lixão da cidade

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, (18), aconteceu uma ação de retirada dos barracos existentes dentro do lixão de Senhor do Bonfim, que servia de ponto de apoio para os catadores de lixo. A referida ação faz parte de um TAC- firmado entre o Consórcio de Infraestrutura Piemonte Norte do Itapicuru, Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim e o Ministério Público Estadual.

O objetivo é acabar definitivamente com as moradias existentes dentro do lixão, pondo fim a uma situação desumana e humilhante para os catadores, que viviam expostos a todo tipo de contaminação.

De acordo com o Presidente do Consórcio, Prefeito Dr. Davi Menezes, uma proposta firmada entre a entidade, Prefeitura de Senhor do Bonfim e a Cooperativa dos Catadores, visa beneficiar a categoria através da construção de um galpão para realização de coletas seletivas. A retirada dos barracos foi uma ação coordenada que contou com o apoio da assistência social e das Polícias Civil e Militar. Os catadores poderão atuar provisoriamente no lixão, até que seja providenciado as medidas acima citadas, desde que não durmam no local.

Na manhã de hoje, o Presidente do Consórcio, Dr. Davi, juntamente com o Secretário Executivo, Antônio Cerqueira, estiveram reunidos com o Secretário Estadual de desenvolvimento Urbano, para tratar do Plano Territorial de Resíduos Sólidos, que objetiva contemplar os 10 municípios do Piemonte Norte Itapicuru.

Ascom

Continue Lendo

Filadélfia

Prefeitura de Filadélfia emite comunicado sobre o TFF 2021

Publicado

em

A Prefeitura de Filadélfia informa aos comerciantes que o prazo para pagamento, negociação ou parcelamento da Taxa de Fiscalização do Funcionamento (TFF) está aberto até o dia 26 de fevereiro.

Toda pessoa física ou jurídica estabelecida no município e inscrita no cadastro geral de atividades econômicas deve pagar a TFF.

O comerciante que estiver sem o Alvará de Funcionamento deve procurar o Setor de Tributos, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h para se regularizar. O valor da taxa é cobrado de acordo com cada estabelecimento, o comerciante que realizar o pagamento à vista terá 10% de desconto.

ASCOM – PMF

Continue Lendo

Campo Formoso

PM prende elementos que praticavam roubos no interior de Campo Formoso

Publicado

em

A 54ª CIPM recebeu nos últimos dias, várias denúncias de populares dos povoados de Borges, Lagoa de São Francisco e Queixo Dantas, Interior de Campo Formoso-BA, segundo as quais estaria ocorrendo vários roubos e tentativas de roubos durante toda a semana naquelas localidades.

Segundo as acusações das vítimas, os autores dos crimes seriam H.J. maior de idade e seu irmão adolescente, ambos residentes no povoado de Borges. Ainda segundo populares, os meliantes postavam fotos nas redes sociais portando armas de fogo com o intuito de intimidar a comunidade.

Por volta das 08:30 da segunda feira 18/jan, a guarnição PETO RURAL realizava rondas no povoado de Borges, quando localizaram os suspeitos que foram presos logo após a mãe dos mesmos entregar aos policiais militares 2 espingardas de fabricação caseira e um simulacro de arma de fogo, utilizados pelos meliantes nas práticas delituosas.

Após receberem voz de prisão os dois acusados foram conduzidos à delegacia de polícia civil na cidade de Campo Formoso, para adoção das medidas legais cabíveis.

O comando da 54 CIPM solicita à população de Campo Formoso que denuncie o autor ou os autores de crimes, através do dique denúncia da 54 CIPM (7498873-6490) ou Instagram (@54cipm), sendo garantido o sigilo absoluto das informações recebidas.

Material apreendido:
– 2 espingardas fabricação caseira
– 1 simulacro feito de madeira

Ascom 54ªCIPM

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br