Conecte-se conosco

Noticias

Toffoli pede providências da PF e da PGR sobre ‘ofensas’ à corte

Publicado

em

Toffoli pede providências da PF e da PGR sobre ‘ofensas’ à corte

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, enviou ofício na noite desta quarta (5) à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, pedindo providências sobre “ofensas dirigidas” à corte por um advogado durante um voo nesta terça (4).

Num voo de São Paulo a Brasília, o advogado Cristiano Caiado de Acioli, 39, abordou o ministro do STF Ricardo Lewandowski e disse, enquanto filmava a reação do magistrado: “Ministro Lewandowski, o Supremo é uma vergonha, viu? Eu tenho vergonha de ser brasileiro quando eu vejo vocês”.

O ministro respondeu a Acioli e pediu ao comissário de bordo que acionasse a Polícia Federal. “Vem cá, você quer ser preso? Chama a Polícia Federal”, disse Lewandowski. “Eu não posso me expressar? Chama a polícia federal, então”, retrucou o advogado.

Já em Brasília, ao final da viagem, Acioli foi levado à PF para prestar esclarecimentos. O advogado divulgou o vídeo com o episódio, que circulou nas redes sociais.

“Ao tempo em que cumprimento Vossa Excelência, solicito que sejam adotadas as providências cabíveis quanto aos fatos narrados pela Secretaria de Segurança desta Corte e consistentes em ofensas dirigidas ao Supremo Tribunal Federal, ocorridos, na data de ontem, com o senhor ministro Ricardo Lewandowski, em voo comercial que partiu de São Paulo com destino a Brasília”, escreveu Toffoli nos ofícios.

Acioli disse à Folha nesta terça que considerou a reação de Lewandowski como um abuso de poder, e que deve estudar providências contra o ministro.

“Sem dúvida nenhuma, ele praticou um abuso de poder. É um absurdo, no Estado democrático de direito, onde a pessoa que tem que proteger nossa Constituição, tem que proteger nossas garantias básicas, fez exatamente o oposto a isso”, disse o advogado.

Acioli é filho da subprocuradora-geral Helenita Caiado de Acioli. Eleitor do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), ele disse que o episódio não deve ser levado para o lado político.

Na noite da terça, o MBL (Movimento Brasil Livre) projetou com luzes a palavra “vergonha” na fachada do prédio do STF.

As ações de Acioli e do MBL foram repudiadas por entidades de juízes e membros do Ministério Público nesta quarta. O IGP (Instituto de Garantias Penais), formado por advogados, também divulgou nota de repúdio ao “episódio da agressão” ao ministro Lewandowski.

Com informações da Folhapress.

Continue Lendo
Clique para comentar

Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari inicia recuperação da estrada que liga a sede do município a localidade de Aroeira

Publicado

em

A prefeitura de Jaguarari vem seguindo seu cronograma de ações que vem recuperando estradas vicinais por todo município. Nesta quinta-feira (21) a Secretaria de Infraestrutura e Obras Publicam iniciou a recuperação da estada que liga a sede do município até a localidade de Aroeira. Ao todo serão recuperados cerca de 5 km de estrada que há muitos anos não recebe qualquer cuidado por parte do poder publico.

O serviço vem sendo acompanhado de perto pelo secretário de infraestrutura e obras, Fabio Vieira e pelo Coordenador de Maquinas, Magdailton de Jesus. “Essa estrada tem grande importância e há muito tempo não recebia os cuidados necessários. O prefeito Everton Rocha tem nos cobrado para que as ações de recuperação cubram o maior numero de estradas possíveis. E com certeza iremos fazer esse trabalho em todas as estradas do município como ele determinou”, falou secretário de infraestrutura e obras, Fabio Vieira.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Continue Lendo

Noticias

Tiago Venâncio anuncia reajuste salarial de servidores e investimentos para educação na jornada pedagógica de Ponto Novo

Publicado

em


Foto: Luis Ferreira/Web Interativa

O prefeito Tiago Venâncio (MDB) fez importantes anúncios durante sua fala na abertura da Jornada Pedagógica de Ponto Novo. Além de fazer um retrospecto das ações desempenhadas em prol da Educação do município, o prefeito anunciou o reajuste salarial dos servidores e investimentos como a construção de uma escola no Distrito de Barracas e um ginásio de esportes na sede do município.

Reajuste salarial dos servidores da Educação

O gestor garantiu que os servidores terão o reajuste de 4.17% linear para toda categoria. “Vocês não precisam estar se humilhando, como já aconteceu em gestões passadas para adquirir o que é direito de vocês. Vocês vão ter o reajuste dos 4.17% linear para toda categoria”.

Tiago informou que a decisão foi tomada após estudos e levantamentos que apontaram condições positivas para que o reajuste fosse concedido.  “E hoje, sem ter reunião, sem ter discussão, já fiz a mais de trinta e cinco dias esse levantamento com a nossa equipe da Prefeitura, e com total segurança vocês vão ter esse reajuste total, linear para toda a classe e toda categoria da Educação”. Garantiu.

Construção de Escola no Distrito de Barracas

O prefeito também informou que estará buscando mais investimentos na capital nacional como a construção de uma escola de seis salas para o Distrito de Barracas.  “No início de abril vou novamente à Brasília, para conseguir mais recursos, principalmente para o Distrito de Barracas, o qual já tenho o projeto e quero falar para meus amigos de Barracas que vou apresentar lá em abril para construção de uma escola de seis salas no Distrito de Barracas”

Ginásio de Esportes

Tiago Venâncio anunciou também que será construído um ginásio de esportes. Obra no valor de R$ 1 milhão de reais. “Anunciar aqui em primeira mão, que foi publicado ontem no Diário Oficial de Ponto Novo, o edital para construção do ginásio de esportes no valor de R$ 1 milhão de reais”.
Segundo informou o prefeito, será um ginásio de referência, com capacidade para cerca de mil pessoas e que também servirá para eventos. “Teremos uma grande arena”. Salientou o gestor.

Web Interativa

Continue Lendo

Noticias

Bonfim: professores repudiam falta de acordo da prefeitura

Publicado

em

NOTA DE REPÚDIO

O SINTESB-BA – SINDICATO DOS TRABALHADORES NA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SENHOR DO BONFIM vem por meio desta repudiar a atitude de desrespeito do executivo municipal, que insiste em não pagar o piso salarial nacional dos profissionais do magistério público municipal, descumprindo leis municipais e federais. Em tempo repudiamos ainda a cogitação de redução salarial dos professores por meio da retirada, ilegal, das gratificações que compõem o salário do professor.  
Como podemos perceber, as ações do governo são perversas com os profissionais, pois além de descumprir o piso nacional, passando por cima das leis constitucionais, ainda cogita a possibilidade de retirar direitos que foram conquistados historicamente pela categoria.  
SOCIEDADE, NÃO PERMITA QUE O GOVERNO MUNICIPAL DESTRUA A EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO, JUNTE A NÓS NESSA LUTA.

blogdonettomaravilha

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br