Conecte-se conosco

Noticias

Alcolumbre reprova influência de Olavo: ‘Não está fazendo bem ao Brasil’

Publicado

em


© Marcos Oliveira/ Agência Senado/ Reprodução
Davi Alcolumbre e Olavo de Carvalho

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reprovou a influência do filósofoOlavo de Carvalho na condução do governo de Jair Bolsonaro. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira 18, ele declarou que essa relação “prejudica o Brasil”, pois Olavo “não está no dia a dia das decisões políticas e faz manifestações em relação ao próprio governo que ele faz parte”.

Alcolumbre afirmou que ele e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) não permitirão que Carvalho jogue “contra o Brasil”.

“Jogando contra o Brasil nós não vamos aceitá-lo. O Parlamento brasileiro tem maturidade política suficiente de entender que a independência e a harmonia serão prioridades na nossa condução. Nossa independência será colocada a prova todos os dias e o governo tem que entender que o Parlamento brasileiro não é um ‘puxadinho’ do Palácio do Planalto. Me referindo diretamente a esse escritor (Olavo de Carvalho), ele não está fazendo bem para o Brasil com essas manifestações que tem feito”, disse o presidente do Senado.

O senador amapaense foi questionado especificamente sobre as falas em que Olavo chamou o vice-presidente Hamilton Mourão de “idiota”. No dia seguinte, o filósofo participou de jantar nos Estados Unidos ao lado do presidente Bolsonaro.

“Isso é uma coisa para a gente não entender. Se uma pessoa critica o vice-presidente da República e no outro dia o presidente elogia essa pessoa… são esses desencontros aos quais não seremos contaminados no Senado. Em relação a esse embate no poder Executivo”, analisou.

Na mesma entrevista, Alcolumbre tratou também a respeito da reforma da Previdência e demonstrou otimismo em aprovar o projeto no Senado ainda em julho.

“No dia 17 de julho a gente vai estar com a reforma aprovada. Eu compreendo que a Câmara também está se vendo como parte desse processo de reconstrução do Brasil. O que atrapalhou foram esses 15 dias de formatação da Comissão de Constituição e Justiça”, projetou Alcolumbre.

VEJA.com

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Mulher é morta a pedradas no distrito de Quicé em Senhor do Bonfim

Publicado

em

Nossa reportagem foi informada e já confirmamos com autoridades policiais que uma mulher foi morta apedrejada no distrito de Quicé, zona rural de Senhor do Bonfim.

Conhecida como Nenê, a Polícia Técnica ira fazer o levantamento cadavérico e a Polícia Civil deve abrir inquérito para apurar, autoria e motivação desse crime.

Netto Maravilha / Imagem Ilustrativa

Continue Lendo

Noticias

Condutores podem dirigir com CNH vencida sem risco de punições, afirma DETRAN/BA

Publicado

em

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) esclarece que o condutor com carteira de habilitação (CNH) vencida desde 19 de fevereiro pode continuar dirigindo, por tempo indeterminado, sem o risco de multa e remoção do veículo.

A flexibilização na regra da validade da carteira  cumpre a deliberação 185/2020, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que estabeleceu medidas para minimizar os impactos da pandemia da Covid-19.

Mesmo com a autorização para o motorista usar a CNH vencida, a renovação do documento tem sido o serviço mais procurado no Detran-BA, por meio de agendamento no SAC Digital, representando cerca de 40% das solicitações.

“Não era prevista essa demanda para a renovação da habilitação,  justamente porque ela deixou de ser obrigatória. Entendemos que muitos motoristas possam ficar com receio de rodar com a CNH fora da validade, mas não existe motivo para se preocupar. A resolução do Contran é a garantia que eles não precisam trocar a carteira,  a não ser nos casos de quem pretende incluir atividade remunerada ou está com CNH que venceu antes de 19 de fevereiro”, ressaltou o diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel.

Ascom Detran-BA

Continue Lendo

Noticias

Sr. do Bonfim: Servidores demitidos do Hospital Regional reclamam de atrasos nas parcelas do acordo de municipalização

Publicado

em

O nosso site recebeu uma denúncia dos servidores do Hospital Regional de Senhor do Bonfim, que foram demitidos no acordo da municipalização na gestão do Prefeito Dr. Correia em 2016.

Segundo denúncias, às parcelas que eram pagas de 4 em 4 meses, desde 2016, foram interrompidas em Maio deste ano, 2020, sem nenhuma explicação ou justificativa, bem como a falta de correção entre outras informações de interesse da coletividade, falta de transparência no processo.

Com a palavra aos representantes do SINDSAUDE no município de Senhor do Bonfim, para os devidos esclarecimentos.

Cleber Vieira News

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br