Conecte-se conosco

Saúde

Anvisa nega pesquisa da Unicamp para pesquisa com cultivo de cannabis

Publicado

em

Anvisa negou um pedido da Unicamp para desenvolver uma pesquisa com o cultivo de Cannabis. A resposta negativa foi dada em 6 de novembro, após nove dias de análise.

Cultivo de cannabis Foto: Eric Engman / AP

Em parceria com a empresa Entourage Phytolab, o estudo agronômico da Unicamp duraria dois anos e trabalharia com 91 tipos de sementes de Cannabis para a produção de medicamentos.

Um recurso será apresentado nos próximos dias à Diretoria Colegiada da agência, que deve ser julgado em janeiro.

“É uma pena. Infelizmente estamos passando por um momento de muito obscurantismo. Não estamos pedindo nada que não esteja autorizado pela lei”, afirmou Caio Santos, CEO da Entourage, ressaltando que o trabalho pode contribuir com o combate de doenças coronárias, emagrecimento e tratamentos anti-inflamatórios.

Na semana passada, a Universidade Federal de Viçosa e a startup ADWA Cannabis iniciaram uma pesquisa para o melhoramento genético da planta.

Contudo, após resistência da Anvisa, o estudo só começou após uma decisão judicial.

Época

Noticias

Brasil não tem vacina suficiente para a 1ª fase da imunização contra a Covid-19

Publicado

em

De acordo com um levantamento realizado pelo UOL, mesmo com a aprovação da Anvisa para o uso emergencial e a distribuição da CoronaVac em todo o país, o Brasil ainda está longe do número de vacinas necessárias para realizar a primeira fase da imunização contra a Covid-19.

Até o momento, há apenas 10,8 milhões de doses da vacina em território nacional, mas o país conta com cerca de 14,8 milhões de pessoas no grupo prioritário, sendo que a imunização só é alcançada após a aplicação de duas doses da vacina. Ou seja, são necessárias 29,6 milhões de doses na primeira fase.

Esse número de 10,8 milhões de vacinas disponíveis no Brasil corresponde às 6 milhões de doses distribuídas entre os estados mais os 4,8 milhões produzidos que aguardam aprovação para uso emergencial por parte da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo a reportagem, essa quantidade é capaz de imunizar apenas 5,4 milhões de brasileiros, que equivalem a cerca de 2,5% da população do país.

Nesta quarta-feira (20), o Instituto Butantan disse que parou a produção de novas doses da CoronaVac desde o último domingo (17), por conta da falta de insumos da China.

O presidente do Butantan, Dimas Covas, disse que está prevista a chegada de 5.400 litros no fim do mês e mais 5.600 litros até o dia 10 de fevereiro. “Essa matéria-prima está pronta e aguardando trâmite burocrático”, afirmou.

IstoÉ

Continue Lendo

Noticias

Idosa de 96 anos foi a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 em Senhor do Bonfim

Publicado

em

Após quase um ano de medo, dúvidas e sofrimento pela partida de 34 bonfinenses, foi iniciada nesta quarta-feira (20) a vacinação contra a Covid-19. A senhora Maria da Cruz, de 96 anos, foi a primeira a pessoa a receber a 1° dose da vacina Coronavac produzida pelo Instituto Butantan e parceria com a China. Ela é a moradora mais velha do Lar dos Idosos Fabiano de Cristo, e recebeu a primeira dose da vacina aplicada pela Coordenadora de Imunização Luciana Gomes.

A segunda pessoa a receber a vacina no município foi o Agente Comunitário de Saúde Carlos Arlenio de 62 anos, que atua na linha de frente no combate a Covid-19. “Estou muito feliz por está tendo a chance de receber a vacina. Sou Agente de Saúde há 29 anos, mas os últimos meses foram muito preocupantes, mas agora começamos ver uma luz no fim desse túnel. Parabenizo a gestão pelo empenho nessa luta. A chegada da vacina nos dá uma chance real de vencer essa doença”, disse Carlos Arlenio.

O prefeito Laércio Junior acompanhado da primeira dama e secretária de assistência social Taciane Granja, da secretária de Saúde Renata Mercês e profissionais de saúde falou sobre a importância e o cronograma da vacinação no município. “Iniciamos hoje o procedimento de vacinação da população bonfinense. Inicialmente iremos vacinar apenas 837 pessoas, seguindo todos os protocolos do Ministério da Saúde. A vacinação da senhora Maria da Cruz, foi um momento emocionante e histórico para o município. A primeira dose da vacina foi iniciada hoje (quarta-feira) e seguirá até sábado para os idosos em instituições (asilos) e profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate a Covid-19. Serão vacinadas cerca de 200 pessoas só hoje”, destacou o prefeito.

A prefeitura de Senhor do Bonfim ressalta que todos devem continuar fazendo a sua parte, saindo de casa somente se for necessário, fazendo uso da mascará, lavando as mãos com água e sabão e sempre que possível fazer a higienização com álcool em gel. Todos Contra o CoronaVírus!

ASCOM – PMSB – Governo “O Novo Futuro”

Continue Lendo

Noticias

Esperança e cura: Chegaram as vacinas contra a covid 19 para Juazeiro e municípios do Núcleo Norte da Bahia

Publicado

em

A esperança desembarcou cedo no Vale do São Francisco. Por volta das cinco horas da manhã, chegaram as doses da vacina Coronavac para os dez municípios da região, atendidos pelo Núcleo Regional de Saúde-Norte, antiga 15ª Dires, em Juazeiro (BA). A equipe do núcleo, coordenada pelo médico Pedro Alcântara, recebeu o lote com um total de 4.800 doses. Destas, 2550 serão destinadas ao município de Juazeiro.

De acordo com Pedro Alcântara, os lotes de cada município sairão da sede do órgão às 7 horas. Para garantir a agilidade da entrega, o trabalho de distribuição foi dividido em três eixos: No terceiro eixo estão os municípios de Remanso, Campo Alegre de Lurdes e Pilão Arcado; no segundo, Curaçá ,Uauá e Canudos; no primeiro eixo, Sobradinho, Casa Nova e Sento Sé, além da cidade polo Juazeiro.

“Vamos vencer o coronavírus!! Estou extremamente emocionado em viver este momento histórico. A ciência venceu!” declarou o médico Pedro Alcântara, que comandou o trabalho de recebimento da vacina. 

Neste primeiro momento, serão vacinados idosos dos abrigos e idosos com idade estabelecida pelo MS.

Pedro Alcântara ainda informou que a regional também montou um esquema de distribuição nos municípios de Paulo Afonso e Senhor do Bomfim.

” A Polícia Militar, a quem agradecemos, fará a escolta dos veículos que levarão as vacinas até os municípios. Eles não vão precisar se dirigir até Juazeiro, nós vamos entregar em cada um dos dez municípios que atendemos. E em cada um deles, tem uma rede de frio adequada para armazenamento e conservação. Treinamos os profissionais para esta missão importante, e em cada ponto de vacinação haverá todo suporte para qualquer intercorrência. Nossas equipes nos municípios, as quais também agradeço, estão preparadas para todo processo de imunização”, concluiu Pedro.

Da Redação/ Fotos: Preto No Branco

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br