Conecte-se conosco

Noticias

Cortes de investimentos podem deixar o Brasil sem previsão do tempo

Publicado

em

(FOTO: REPRODUÇÃO / CPTEC)

Todos eventos climáticos e meteorológico do Brasil hoje em dia passam pelo poderoso, porém já velho, Tupã. Mas calma, ainda não substituímos a ciência pela cosmovisão indígena: o Tupã em questão é o supercomputador instalado no Centro de Previsão de Tempo e Meteorologia (Cptec), na cidade de Cachoeira Paulista, interior de São Paulo. O único voltado à previsão do clima.

Com capacidade de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo, Tupã foi adquirido como um dos 30 computadores mais velozes do mundo. Mas isso em 2010. Hoje, sete anos depois, não está mais nem entre os 500 primeiros, e agoniza os últimos cálculos de sua produtiva carreira. “É a história do carro velho. A chance de quebrar só aumenta com o tempo. Com um computador é a mesma coisa”, conta Gilvan Sampaio, chefe de operações do Cptec.

E não precisam muitos anos para um computador ser considerado velho. O vigor de um supercomputador dura quatro anos. O ideal é que seja substituído nesse prazo. Mas até por falta de opção, Tupã resistiu. Nos quintos e sexto anos de vida, a empresa fabricante, Cray Supercomputers, forneceu peças de reposição que garantem uma sobrevida.

RESPEITA O VÉIO – À BEIRA DA APOSENTADORIA, TUPÃ COMPUTOU DADOS CLIMATOLÓGICOS POR SETE ANOS (FOTO: CPTEC)

Mas chegou o sétimo ano e estava na hora de o Tupã encaminhar a aposentadoria de forma digna. Ou melhor, passou da hora. Desde 2014 o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ao qual o Cptec é subordinado, solicita recursos para comprar um novo. Mas sem sucesso. “Para se ter uma ideia, nossa despesas estão em R$ 14 milhões por ano, e o orçamento para o ano que vem está previsto em R$ 9 milhões. Não temos dinheiro nem para pagar as contas básicas”, revela Sampaio.

Mesmo que os recursos para a compra de um supercomputador novo, com preços que variam de R$ 50 a 120 milhões, chegasse hoje, nada garantiria que o Ceptec teria uma máquina para trabalhar em 2018. O processo de licitação internacional demora em média 1,5 ano para ser viabilizado. Ano passado, o valor foi até providenciado, mas, com o contingenciamento de 44% do orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, ele virou lenda.

A alternativa do MCTIC foi disponibilizar R$ 10 milhões para que o Inpe atualizasse a máquina. Algumas peças seriam substituídas e, o que seria fundamental, voltariam a pagar a assistência técnica para a máquina. Atualmente uma empresa, de olho no novo contrato, faz o trabalho de forma gratuita, mas somente em horário comercial. “Como aconteceu no domingo (19 de novembro), véspera do dia da Consciência Negra. Como segunda era feriado, o Tupã só voltou a funcionar na terça, quando o técnico veio aqui”, diz Sampaio.

Mas nem esse “gato” está garantido. Os R$ 10 milhões ainda não caíram na conta do Inpe, e dia 8 de dezembro é o prazo limite para empenhar o orçamento de 2017. Se isso não acontecer, acaba a assistência técnica, e não vai demorar muito para o Tupã ter morte declarada. Mais do que prever se fará chuva ou sol, o supercomputador é fundamental para o planejamento do setor elétrico brasileiro; para a agricultura e, principalmente, para a previsão de desastres naturais. O risco é ficarmos sem o “deus do trovão”, protetor das causas climatológicas, bem na época de tempestades.

*revistagalileu

Continue Lendo
Clique para comentar

Brasil

Brasil aplica 2 milhões de doses e é 8º no ranking de vacinação contra a Covid-19

Publicado

em

O Brasil subiu de posição no ranking da vacinação contra a Covid-19. O pais já imunizou 2 milhões de pessoas e agora é o 8º no mundo com maior número de pessoas vacinadas. Os dados constam no levantamento desta segunda-feira (1º) do projeto “Our World in Data”.

No mundo já são 94 milhões vacinados contra a doença causada pela infecção do novo coronavírus. 

O Brasil subiu da 12ª posição na quinta-feira (28) para a 8ª. 

O país que mais vacinou até o momento são os Estados Unidos, onde 31,12 de pessoas foram imunizadas.

A segunda posição fica com a China (22,77 milhões), em seguida aparecem o Reino Unido (9,47 milhões), Israel (4,74 milhões), Índia (3,74 milhões), Emirados Árabes Unidos (3,33 milhões), Alemanha (2,32 milhões), Brasil (2,07 milhões), Turquia (1,99 milhão) e Itália (1,96 milhão).

Continue Lendo

Noticias

Prefeitura de Senhor do Bonfim promoveu acolhimento aos profissionais que atuam na atenção básica do município

Publicado

em

No último sábado (30), a prefeitura de Senhor do Bonfim através da Secretaria de Saúde promoveu um café da manhã de acolhimento aos profissionais que atuam na Atenção Primária à Saúde – APS, que atuam nas unidades de saúde do município. O evento serviu para uma apresentação mais formal dos enfermeiros (as) aos gestores do município.

O encontro foi aberto pelo prefeito Laércio Júnior que deu as boas vindas e falou da importância do trabalho realizado em cada posto de saúde. “São vocês que terão maior contato com a população. Serão vocês que farão o acolhimento quando as pessoas quando procurarem por atendimento nas unidades de saúde. Por isso peço que vocês façam o seu melhor, pois o nosso povo merece”, destacou o prefeito Laércio Júnior.

Os profissionais assistiram a palestras motivacionais e ao final do encontro relataram como foram encontradas as unidades de saúde por todo o município. Entre as queixas apresentadas se destacam problemas estruturais, equipamentos, moveis, portas e janelas quebrados, inexistência de materiais para o atendimento aos pacientes, falta de manutenção nas redes elétricas e hidráulicas, entre outras.

Em sua fala o vice-prefeito Elizeu Rios falou sobre as mudanças já sentidas pela população. “Temos um mês de trabalho e recebo constantemente vídeos e áudios de pessoas elogiando o atendimento dos servidores, em especial da saúde. Tratem a unidade de saúde onde trabalham com o mesmo carinho que tratam suas casas. Como diz o nosso slogan de governo: Cuidar bem, faz bem”, destacou Elizeu Rios.

O encontro contou com a presença da Chefe de Gabinete – Eline Sobreira e dos secretários municipais: Renata Mercês – Saúde, Jozelito Ribeiro – Administração e Francisco Marinho – Infraestrutura.

ASCOM – PMSB – Governo “O Novo Futuro”

Continue Lendo

Noticias

Zagueiro bonfinense Ruan Gabriel assina seu primeiro contrato profissional com clube de futebol de Minas Gerais

Publicado

em

Quando iniciou no futebol, com apenas 5 anos de idade, o jovem zagueiro Ruan Gabriel, hoje com 17 anos, já sabia muito bem o que queria da vida: ser um jogador profissional. Após se destacar nos gramados de Minas Gerais e São Paulo ele conseguiu realizar seu sonho. O Zagueiro bonfinense, filho do cinegrafista Silvonei Viana e da técnica de enfermagem Juliana Santos acaba de assinar seu primeiro contrato profissional com o Athetic Club, um dos principais clubes do estado de Minas Gerais. 

O zagueiro Ruan Gabriel jogou já pelo clube no ano de 2018, faz parte da divisão de base atuando pelas categorias sub-15 e sub-17, chegando a treinar com os profissionais. No ano de 2020 foi emprestado para o Atlético Desportivo Soccer de São Paulo, onde disputou a Pré-Copa São Paulo de Futebol Junior, onde se destacou e chamou atenção de outros clubes. O jogador está se preparando para a disputa do Campeonato Mineiro da primeira divisão.

A carreira do jogador é gerenciada pela empresa G&M99 SPORTS, também responsável por administrar a carreira de vários jogadores no Brasil e no exterior. O contrato assinado pelo jogador tem validade de um ano com multa rescisória no valor de R$ 5 milhões de reais.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2021 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br