Conecte-se conosco

Noticias

Embasa adota medidas para garantir a qualidade da água distribuída pelos sistemas que captam no São Francisco

Publicado

em

Com base nos prognósticos da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) sobre uma possível contaminação das águas do rio São Francisco, na Bahia, pelos rejeitos da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), a Embasa adotou medidas de contingência para garantir a qualidade da água que ela distribui pelos sistemas que captam neste manancial.

A empresa intensificou o monitoramento da qualidade da água que chega aos seus pontos de captação ao longo do rio São Francisco. As estações de tratamento estão sendo preparadas para que seus equipamentos possam eliminar a possível presença de metais na água e estão recebendo em seu estoque um incremento de produtos químicos para tratar a água do São Francisco no caso de ela vir a apresentar condições anormais de qualidade.

Segundo o plano de contingência estabelecido, em caso de qualquer alteração na água do rio que gere riscos à saúde da população e não possa ser corrigida pelos métodos convencionais de tratamento, as autoridades de saúde pública serão imediatamente comunicadas e a empresa adotará as medidas necessárias, como a interrupção do abastecimento e a adoção de fontes alternativas, para assegurar a continuidade do fornecimento de água tratada aos municípios afetados em sua área de atuação.

Prognóstico

Em relatório divulgado no dia 29/01/2019, a CPRM afirma que a pluma de rejeitos está se deslocando em velocidade mais baixa que a velocidade média da água em condições normais e que a frente da pluma vem apresentando dispersão ao longo de sua trajetória. Com base nos indicadores de velocidade de deslocamento da pluma e de sua dispersão apresentados neste último relatório, estima-se que ela chegue nas águas do São Francisco, na Bahia, no final de fevereiro ou início de março deste ano.

Outro ponto a considerar é a distância de quase 800 km a ser percorrido pela pluma de São José da Varginha, em Minas Gerais, ponto onde a pluma chegou no dia 30/01/2019, até o primeiro ponto de captação na Bahia, sendo que, neste percurso, existem duas barragens das usinas hidrelétricas de Retiro Baixo e de Três Marias, onde certamente as partículas mais pesadas dos rejeitos irão sedimentar, restando apenas uma pluma com potencial muito grande de dispersão

Assessoria de Comunicação da Embasa

Continue Lendo
Clique para comentar

Noticias

Pindobaçu: ex-prefeito não paga aluguel do prédio onde funciona a prefeitura

Publicado

em

No volume de dividas deixado pelo Ex-Prefeito Hélio Palmeiras, nem mesmo o prédio onde funciona a sede da prefeitura, se livrou de um suposto calote. 

De acordo com o atual Prefeito Dr. Davi Menezes, a dívida refere-se a três meses de aluguel, conforme informações repassada por o responsável pelo imóvel, que fica em cima do Banco do Brasil. 

O novo gestor enfatizou ainda, que todos os dias aparece dividas e que sua equipe vem fazendo uma auditoria para tomar conhecimento da real situação em que se encontra o município. Já se sabe por exemplo, que existem dividas com funcionários, Coelba, Bancos, fornecedores, alugueis etc. 

Ainda de acordo com Dr. Davi, sua equipe jurídica e contábil, encontrou as contas da prefeitura praticamente zeradas e que entrará com diversos processos contra o ex-gestor, que deverá responde por improbidade administrativa, ao desobedecer a lei de responsabilidade fiscal, que veta restos a pagar, sem que haja dinheiro em conta.

Por:  Ribeiro Sousa

Continue Lendo

Noticias

Nas últimas 24 hs Bonfim registrou mais 07 novos casos de coronavirus

Publicado

em

Continue Lendo

Filadélfia

Vacinadora foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid, em Filadélfia

Publicado

em

A Técnica de Enfermagem e Vacinadora, Gisélia Pinto, se tornou a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 em Filadélfia, nesta quarta-feira (20). A cerimônia simbólica que marcou o início da vacinação contra o coronavírus aconteceu no pátio do Samu que dá acesso a Ala Covid. 

Nesse primeiro lote, chegaram em Filadélfia 99 doses da vacina CoronaVac. Foram contemplados como público alvo, profissionais da linha de frente no enfrentamento a covid, que tomarão a segunda dose daqui a duas ou quatro semanas.  

Para o vice-prefeito e secretário de Saúde, Odejonnes Barbosa, hoje é um dia que ficará para história.

“Estamos muito emocionados, apesar de termos recebido poucas doses, podemos dizer que já é o começo do fim, gratidão a Deus, ao prefeito Louro Maia por não ter medido esforços no combate à covid, aos guerreiros profissionais de saúde que hoje estão sendo vacinados, mas não devemos relaxar vamos continuar usando máscara e evitando aglomerações”, frisou. 

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br