Conecte-se conosco

Noticias

‘Gabinete do ódio’ está por trás da divisão da família Bolsonaro

Publicado

em

© Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

O Palácio do Planalto abriga um núcleo de assessores que tem forte influência sobre o presidente Jair Bolsonaro e é conhecido como “gabinete do ódio”. Defensores da pauta de costumes, eles produzem relatórios diários, com suas intepretações, sobre fatos do Brasil e do mundo e são responsáveis pelas redes sociais da Presidência da República. Essa ala ideológica faz a cabeça de Bolsonaro e o incentiva a adotar um estilo beligerante no governo.

Com a senha das redes do pai, o vereador licenciado Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), o “zero dois” do presidente, dá ordens para os assessores Tércio Arnaud Tomaz, José Matheus Sales Gomes e Mateus Matos Diniz. Os três são da confiança do vereador e também do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) – o filho “zero três”, que Bolsonaro quer emplacar na Embaixada dos Estados Unidos. O senador Flávio Bolsonaro (PSL- RJ), primogênito, tem horror ao trio.

Filipe Martins, o assessor para Assuntos Internacionais de Bolsonaro, também faz parte desse grupo. Tércio, José Matheus, Diniz e Filipe despacham no terceiro andar do Planalto, ao lado do presidente. Outro integrante do núcleo é Célio Faria Júnior, que Bolsonaro trouxe da Marinha e hoje é chefe da Assessoria Especial da Presidência.

Com carta branca para entrar no Planalto, o assessor parlamentar Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio, primo dos filhos de Bolsonaro, virou uma espécie de “espião voluntário” do governo. Léo Índio já produziu dossiês informais de “infiltrados e comunistas” nas estruturas federais, como revelou o Estado. O então ministro da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, comprou briga com Carlos e com ele. Foi demitido. 

Quando Flávio saiu de férias e viajou para a Bahia, em meados de julho, auxiliares de Bolsonaro no Planalto ficaram preocupados. A portas fechadas, no segundo andar daquele prédio erguido com colunas “leves como penas pousando no chão”, como gostava de comparar o arquiteto Oscar Niemeyer, um assessor chegou a dizer que, sem Flávio em Brasília, o “gabinete do ódio” ficaria incontrolável.

O comentário reflete a tensão que tomou conta do Planalto. Nos bastidores, essa “repartição” é vista como responsável pelo afastamento cada vez maior entre Flávio e Carlos, também apelidado de “Carluxo”. Considerado o “pit bull” da família, Carlos cria estratégias para as mídias digitais do pai e sempre defendeu a tática do confronto para administrar, em oposição a Flávio, dono de estilo conciliador.

Na prática, mesmo quando não está em Brasília, o vereador comanda o núcleo ideológico, emite opiniões polêmicas, chama a imprensa de “lixo” e lança provocações contra aliados do pai, como o vice-presidente Hamilton Mourão, tido por essa ala como “traidor”. 

Gabinete não aceita interferência da Secom

A equipe do “gabinete do ódio” não aceita interferências dos profissionais da Secretaria de Comunicação. Segue ordens de Carlos, que atua sob a inspiração do escritor Olavo de Carvalho, e várias vezes já convenceu Bolsonaro a adotar posição mais dura, como no fim de julho, quando ele desistiu de receber o chanceler da França, Jean-Yves Le Drian, em julho, e depois apareceu em uma “live” cortando o cabelo, em um estilo “gente como a gente”.

Flávio, vira e mexe, pede para o pai baixar o tom. Às vezes é ouvido, fato que provoca a ira do “zero dois”. Mesmo investigado no caso de Fabrício Queiroz – o ex-assessor suspeito de comandar um esquema de “rachadinha” para pagar salários de servidores, na Assembleia do Rio –, o senador tem atuado como articulador político do Planalto, ao lado do general Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo.

Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio

© DIDA SAMPAIO/ESTADÃO Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio

Em jantares com senadores, Flávio leva o irmão Eduardo a tiracolo, diz que o conhecimento do caçula sobre os EUA vai muito além do hambúrguer e tenta apaziguar atritos provocados por Carlos nas redes sociais.

“Esse núcleo ideológico atrapalha muito nossa vida aqui no Congresso”, disse o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP). “Desse jeito, o PSL vai acabar sofrendo uma derrota atrás da outra.”

Nos últimos dias, um tuíte de Carlos azedou o clima na Câmara, no Senado e no Supremo Tribunal Federal (STF). O vereador escreveu que “por vias democráticas, a transformação que o Brasil quer não acontecerá no ritmo que almejamos”. Bolsonaro apoiou o filho. Flávio ficou em silêncio. O primogênito disse a um amigo que, se fizesse algum comentário, exporia uma crise.

Além do senador, a primeira-dama Michelle também consegue fazer o marido amenizar os tuítes, de vez em quando. Foi ela, por exemplo, quem pediu para o presidente apagar comentário feito por ele em um post de internauta dizendo que a mulher do presidente da França, Emmanuel Macron, era feia. Michelle considerou a mensagem machista e deselegante.

Estadão

Continue Lendo
Clique para comentar

Jaguarari

Prefeito de Jaguarari enviará para a Câmara Projeto de Lei para acordo com concursados que se arrasta há 18 anos

Publicado

em

Mantendo sua política de valorização do servidor municipal, o prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, se reuniu com representantes dos servidores concursados na última quinta-feira (28), para tratar do acordo de pagamento de aproximadamente R$ 7.000.000 (sete milhões de reais) referente ao processo movido por eles que foram afastados de suas funções no ano de 2001 e só retornando ao trabalho no ano de 2003, durante o mandato do ex-prefeito João Cardoso.

“Desde que retornamos venho buscando valorizar o servidor municipal. Pensando nisso realizamos outros acordos para pagamento de diversas ações movidas durantes gestões passadas. Essa será mais uma dívida do município deixada por ex-gestores e que pretendemos quitar. Já que o servidor é a engrenagem que move o governo e merece todo nosso apoio e respeito”, destacou o prefeito Everton Rocha.

A cerca de 18 anos, mesmo com vitórias na justiça, os ex-gestores do município não cumpriram suas promessas de apoio e pagamento do valor devido a eles pelo afastamento arbitrário de suas funções.

O senhor Walter Gonçalves Costa, motorista do município e representante da comissão dos concursados, ressaltou a forma com que o prefeito Everton Rocha possibilitou o acordo e pagamento dos valores devidos.

“Durante a campanha eleitoral de 2016 nós buscamos o então candidato a prefeito para que ele nos ajudasse nessa causa. E ele nos garantiu que se assumisse a administração municipal faria o possível para por um ponto final nessa questão. E agora ele mostra que realmente valoriza o servidor possibilitando o acordo e através do Projeto de Lei realizar o pagamento”, pontuou o servidor municipal.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Continue Lendo

Noticias

Em Senhor do Bonfim, homem joga carro contra mulher no mercado

Publicado

em

Um homem conhecido como Eduardo, está sendo apontado como o motorista de um carro tipo Corsa de cor preta que teria sido jogado contra uma mulher, conhecida como Raiane, fato ocorrido na Praça Castelo Branco, bairro do Mercado.

Novas informações dão conta que o motorista havia discutido com uma mulher dona de uma barraca de bebidas, na discussão a mulher feriu o homem com um golpe de garrafa na cabeça, na briga ele teria desferido um tapa da dona da barraca, nesse momento algumas pessoas queriam pegar o homem que se evadiu, quando a vítima Raiana estaria também querendo pegar o motorista que já em seu veículo atingindo em cheio a Raiane, no impacto ela caiu próximo ao meio fio da via, faturando o nariz.

SAMU prestou socorro e conduziu a mulher para a UPA.

O motorista evadiu-se.

.

Blog do Netto Maravilha

Continue Lendo

Campo Formoso

Abertura do Natal em Família lota praça e emociona público em Campo Formoso

Publicado

em

Uma noite inesquecível para ficar guardada na memória dos campoformosenses! Na última sexta-feira (29), toda a cidade entrou no clima de natal, com muitas luzes e uma decoração impecável, para a abertura oficial da terceira edição do Natal em Família. A Praça Deputado Herculano Menezes estava lotada e foi o palco principal da festa, com uma linda e grande árvore de natal de led, casa do Papai Noel, presépio, além de apresentações culturais e artísticas.

A noite começou com as falas das autoridades, prefeita, vice-prefeito, Deputado Federal José Nunes, Deputado Estadual Adolfo Menezes, Major Ângelo, secretários municipais, vereadores, suplentes e lideranças políticas se fizeram presentes para prestigiar esse momento especial.

“É uma honra grande iniciarmos mais um ano de Natal em Família. Queria agradecer aos colaboradores que ajudaram para que esse momento acontecesse. E vocês estão vendo aí: essa festa está cada ano mais bonita”, disse Adolfo Menezes, emocionado.

“Essa grande prefeita Rose vem se empenhando não só no Natal, mas em todos os 365 dias do ano, buscando o melhor para Campo Formoso. Sinto-me feliz em estar trabalhando com você para ajudar mais e mais o povo daqui. É muito bom ter uma família unida, porque Natal é um momento muito bonito”, ressaltou o Deputado José Nunes.

“Queria agradecer a presença de vocês nesta noite, sejam bem vindos a mais um ano de Natal em Família! Até o dia 23 de dezembro vocês vão poder conferir muita coisa boa por aqui, então, aproveitem. Eu declaro aberta oficialmente esta festa e espero que vocês gostem, porque foi feita com muito carinho”, finalizou a prefeita que se dirigiu com as demais autoridades para o corte da fita da árvore de natal e Casa do Papai Noel.

p1dqu0ehut18klf0hp9v1nb410dut

A primeira apresentação da noite foi do Coral Anjos de Luz, da Igreja Matriz de Santo Antônio, seguido da Orquestra do Ponto de Cultura do Grupo Culturart. O Ballet Butterfly também fez uma linda apresentação e o bailarino Erick finalizou a noite de apresentações culturais com um solo. Para fechar a noite, a Banda Som de Esquina não deixou ninguém parado com um repertório super atualizado.

Hoje tem mais: a partir das 19h30, na Praça Deputado Herculano Menezes você poderá conferir o louvor da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br