Conecte-se conosco

Noticias

Loja de Flávio Bolsonaro recebeu 1.512 depósitos em dinheiro

Publicado

em

© Sérgio Lima/Poder360

A franquia do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) em uma rede de loja de chocolates recebeu 1.512 depósitos em dinheiro no período de março de 2015 a dezembro de 2018. A informação consta da quebra de sigilo do estabelecimento, que fica em 1 shopping na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e foi divulgada nesta 5ª feira (20.ago.2020) pelo Jornal Nacional (TV Globo).

De acordo com os documentos obtidos pela emissora, a loja recebeu 63 depósitos de R$ 1.500, 63 de R$ 2.000 e 74 de R$ 3.000 no período.

Em alguns dias, foram identificados depósitos que chegavam até a R$ 33.000. À época, qualquer depósito acima de R$ 10.000 precisava ser notificado às autoridades de controle financeiro. Como os depósitos eram fracionados, as transações não chegavam ao conhecimento das autoridades. No período analisado, somente 1 depósito ultrapassou esse limite de R$ 10.000.

O Ministério Público do Rio de Janeiro, que investiga suposto esquema no gabinete de Flávio na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado), diz que as datas dos depósitos à loja do filho do presidente Jair Bolsonaro coincidem com o período em que o ex-assessor Fabrício Queiroz supostamente teria comandado esquema irregular de “rachadinhas”.

A promotoria também diz que a loja funcionou como conta de passagem, uma vez que o dinheiro depositado (por vezes na boca do caixa e em outras em terminais de autoatendimento) voltava para Flávio como suposto lucro da franquia. A suspeita é de que a prática tenha sido 1 artifício para praticar a lavagem de dinheiro.

Segundo a TV Globo, Flávio Bolsonaro comprou a loja no início de 2015 e retirou R$ 180 mil como lucro nos 2 primeiros meses como dono. De acordo com o MP-RJ, o sócio de Flávio não fez nenhuma retirada no mesmo período.

Em nota ao Jornal Nacional, a defesa do senador negou qualquer irregularidade nas transações. Afirmou ainda que não pode comentar detalhes de investigação sob segredo de Justiça e informou ter levado ao CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) representação para pedir a apuração do vazamentos de informações.

Poder360

Noticias

Pindobaçu: ex-prefeito não paga aluguel do prédio onde funciona a prefeitura

Publicado

em

No volume de dividas deixado pelo Ex-Prefeito Hélio Palmeiras, nem mesmo o prédio onde funciona a sede da prefeitura, se livrou de um suposto calote. 

De acordo com o atual Prefeito Dr. Davi Menezes, a dívida refere-se a três meses de aluguel, conforme informações repassada por o responsável pelo imóvel, que fica em cima do Banco do Brasil. 

O novo gestor enfatizou ainda, que todos os dias aparece dividas e que sua equipe vem fazendo uma auditoria para tomar conhecimento da real situação em que se encontra o município. Já se sabe por exemplo, que existem dividas com funcionários, Coelba, Bancos, fornecedores, alugueis etc. 

Ainda de acordo com Dr. Davi, sua equipe jurídica e contábil, encontrou as contas da prefeitura praticamente zeradas e que entrará com diversos processos contra o ex-gestor, que deverá responde por improbidade administrativa, ao desobedecer a lei de responsabilidade fiscal, que veta restos a pagar, sem que haja dinheiro em conta.

Por:  Ribeiro Sousa

Continue Lendo

Noticias

Nas últimas 24 hs Bonfim registrou mais 07 novos casos de coronavirus

Publicado

em

Continue Lendo

Filadélfia

Vacinadora foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid, em Filadélfia

Publicado

em

A Técnica de Enfermagem e Vacinadora, Gisélia Pinto, se tornou a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 em Filadélfia, nesta quarta-feira (20). A cerimônia simbólica que marcou o início da vacinação contra o coronavírus aconteceu no pátio do Samu que dá acesso a Ala Covid. 

Nesse primeiro lote, chegaram em Filadélfia 99 doses da vacina CoronaVac. Foram contemplados como público alvo, profissionais da linha de frente no enfrentamento a covid, que tomarão a segunda dose daqui a duas ou quatro semanas.  

Para o vice-prefeito e secretário de Saúde, Odejonnes Barbosa, hoje é um dia que ficará para história.

“Estamos muito emocionados, apesar de termos recebido poucas doses, podemos dizer que já é o começo do fim, gratidão a Deus, ao prefeito Louro Maia por não ter medido esforços no combate à covid, aos guerreiros profissionais de saúde que hoje estão sendo vacinados, mas não devemos relaxar vamos continuar usando máscara e evitando aglomerações”, frisou. 

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br