Conecte-se conosco

Esporte

Messi conquista 6ª Bola de Ouro, deixa Ronaldo para trás e se isola como maior vencedor da história

Publicado

em

Lionel Messi, do Barcelona, é o Bola de Ouro pela 6ª vez na carreira!

© EFE Lionel Messi durante chegada ao prêmio Bola de Ouro da France Football

Nesta segunda-feira, a revista France Football anunciou o vencedor do seu tradicional prêmio, e o argentino se isolou na lista de ganhadores, deixando para trás Cristiano Ronaldo, com cinco.

O português da Juventus, aliás, não foi a Paris para a premiação. Ele terminou em 3º lugar, atrás de Virgil van Dijk, do Liverpool.

Em setembro, o astro do Barcelona já havia conquistado o The Best, da Fifa. Desde que os dois prêmios se separaram, em 2016, os ganhadores sempre foram os mesmos.

Messi ficou com o troféu no atual formato pela 1ª vez, já que sua última conquista tinha sido em 2015 – as outras foram em 2009, 2010, 2011 e 2012.

Na temporada passada, foram 50 jogos, 51 gols, 19 assistências e 141 chances de gol criadas – levando em conta os números de Campeonato EspanholCopa do Rei, Supercopa da Espanha e Champions League. Pela 3ª vez consecutiva, e 4ª nos últimos cinco anos, Messi foi eleito o melhor jogador da temporada no LaLiga Awards.

O camisa 10 ainda terminou como artilheiro da Champions, com 12 gols, quatro a mais do que Robert Lewandowski. Em LaLiga, também faturou o prêmio, com 36 gols, 15 a mais do que Luis Suárez e Karim Benzema.

Com mais um excelente desempenho individual, o craque conquistou apenas o Espanhol e a Supercopa da Espanha no âmbito coletivo, tendo visto seu time perder para o Liverpool na semifinal da Champions League e para o Valencia na decisão da Copa do Rei.

Veja como ficou a lista dos 30 finalistas da Bola de Ouro:

  • 1º) Lionel Messi (Barcelona – Argentina)
  • 2º) Virgil van Dijk (Liverpool – Holanda)
  • 3º) Cristiano Ronaldo (Juventus – Portugal)
  • 4º) Sadio Mané (Liverpool – Senegal)
  • 5º) Mohamed Salah (Liverpool – Egito)
  • 6º) Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain – França)
  • 7º) Alisson (Liverpool – Brasil)
  • 8º) Robert Lewandowski (Bayern de Munique – Polônia)
  • 9º) Bernardo Silva (Manchester City – Portugal)
  • 10º) Riyad Mahrez (Manchester City – Argélia)
  • 11º) Frenkie de Jong (Ajax/Barcelona – Holanda)
  • 12º) Raheem Sterling (Manchester City – Inglaterra)
  • 13º) Eden Hazard (Chelsea/Real Madrid – Bélgica)
  • 14º) Kevin de Bruyne (Manchester City – Bélgica)
  • 15º) Matthijs de Ligt (Ajax/Juventus – Holanda)
  • 16º) Sergio Agüero (Manchester City – Argentina)
  • 17º) Roberto Firmino (Liverpool – Brasil)
  • 18º) Antoine Griezmann (Atlético de Madrid/Barcelona – França)
  • 19º) Trent-Alexander Arnold (Liverpool – Inglaterra)
  • 20º) Pierre-Emerick Aubameyang (Arsenal – Gabão)
  • 20º) Dusan Tadic (Ajax – Sérvia)
  • 22º) Heung-min Son (Tottenham – Coreia do Sul)
  • 23º) Hugo Lloris (Tottenham – França)
  • 24º) Marc-André ter Stegen (Barcelona – Alemanha)
  • 24º) Kalidou Koulibaly (Napoli – Senegal)
  • 26º) Karim Benzema (Real Madrid – França)
  • 26º) Georginio Wijnaldum (Liverpool – Holanda)
  • 28º) Donny van de Beek (Ajax – Holanda)
  • 28º) João Félix (Benfica/Atlético de Madrid – Portugal)
  • 28º) Marquinhos (PSG – Brasil)

OUTROS PRÊMIOS

O zagueiro Matthijs de Ligt, da Juventus (e que disputou a última temporada pelo Ajax), faturou o Troféu Kopa, dado ao melhor jogador sub-21 do futebol europeu.

Ele recebeu a honraria das mãos do atacante Kylian Mbappé, que foi o vencedor da taça no ano passado.

goleiro Alisson, do Liverpool, foi eleito o melhor goleiro do futebol na Bola de Ouro.

O brasileiro foi o vencedor do primeiro Troféu Yashin, que passou a premiar o melhor arqueiro a partir da edição deste ano da honraria.

Após ter sido bicampeã do mundo com a seleção dos Estados Unidos, artilheira, chuteira de ouro e melhor da Copa do Mundo feminina e melhor do mundo da Fifa pela 1ª vez na carreira, a americana Megan Rapinoe venceu o prêmio de melhor jogadora do mundo.

Lucy Bronze da Inglaterra e do Lyon, ficou em 2º lugar, enquanto Alex Morgan, dos Estados Unidos e companheira de Marta no Orlando Pride, terminou em 3ª.


Continue Lendo
Clique para comentar

Esporte

Oitavas da Libertadores: Conmebol divulga datas e horários dos confrontos da terceira fase do torneio

Publicado

em


Getty Images Taça da Copa Libertadores

A Conmbeol divulgou nesta terça-feira (14) os horários e datas dos confrontos das oitavas de final da Copa Libertadores. 

Entre os brasileiros, Cruzeiro Palmeiras serão os primeiros a conheceram seus futuros na competição, já que jogam nos dias 26 e 30 de junho. 

Grêmio, por sua vez, só saberá seu destino no dia 1º de agosto, no confronto que fecha a fase, contra o Libertad, em Porto Alegre. 

Veja abaixo o cronograma. 

Palmeiras x Godoy Cruz

23/7, 21h30, em Mendoza

30/7, 21h30, em São Paulo

Cruzeiro x River Plate

23/7, 19h15, em Buenos Aires

30/7, 19h15, em Belo Horizonte 

Internacional x Nacional

24/7, 19h30, Montevidéu

31/7, 19h30, Porto Alegre

Cerro Porteño x San Lorenzo

24/7, 19h15, Assunção

31/7, 19h15, Bienos Aires

Libertad x Grêmio

25/7, 21h30, em Porto Alegre

1º/8, 21h30, em Assunção

Boca Juniors x Athletico

24/7, 21h30, em Curitiba

31/7, 21h30, em Buenos Aires

Flamengo x Emelec

24/7, 21h30, em Guayaquil

31/7, 21h30, no Rio de Janeiro

Olimpia x LDU Quito

23/7, 21h30, em Quito

30/7, 21h30, em Assunção

ESPN

Continue Lendo

Esporte

Brasil apresenta candidatura para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2023

Publicado

em


Foto: Getty Images / Divulgação / Fifa

O Brasil se candidatou para ser sede da Copa do Mundo Feminina de 2023. A Fifa divulgou na manhã desta terça-feira (19), que nove países estão interessados em receber o torneio. Além do Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Japão, Coreias do Sul e do Norte juntas, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. Nenhuma dessa nações abrigou a competição. É a maior lista de candidaturas desde 1991 quando o Mundial Feminino passou a ser disputado.

Todos os candidatos tem até o dia 16 de abril para submeter seus projetos. Os planos serão divulgados no site da Fifa em outubro. O anúncio do país escolhido está previsto para 2023. A próxima edição da Copa do Mundo Feminina da Fifa vai acontecer na França e será disputada entre 7 de junho e 7 de julho deste ano. O Brasil está no Grupo C do torneio e a estreia está marcada para o dia 9 contra a Jamaica. Quatro dias depois, as brasileiras encaram a Austrália e o terceiro jogo da primeira fase será no dia 18 de junho contra a Itália.

BN

Continue Lendo

Esporte

Proposta para nova Copa divide opiniões; novo torneio de clubes tem mais chance de ser aprovado

Publicado

em

A cúpula da Fifa se reúne em Miami nesta semana para discutir mudanças importantes na próxima edição da Copa do Mundo e no calendário do futebol mundial. Uma dessas novidades será o Mundial de Clubes. Um novo formato para o torneio será decidido em Miami, e tudo indica que vai prevalecer a proposta de um campeonato disputado por 24 clubes a cada quatro anos.

O GloboEsporte.com adiantou em abril do ano passado como seria o formato preferido pela Fifa, e a estreia do novo Mundial de Clubes deve ser em 2021. A reunião do Conselho da Fifa nos EUA também vai servir para definir as sedes das duas últimas edições do torneio, em 2019 e 2020.


Real Madrid comemora sétimo título Mundial de Clubes; torneio continua até 2020 — Foto: REUTERS/Suhaib Salem

A Conmebol chegou a apresentar uma proposta diferente, de um Mundial de Clubes anual, com 12 times. Mas a proposta não teve tanta aceitação e a confederação sul-americana praticamente já jogou a toalha. Tal como existe hoje, o Mundial de Clubes é avaliado dentro da Fifa como um fracasso técnico, de público e de crítica. O novo torneio teria 24 clubes, sendo 12 da Europa. CLIQUE AQUI para ver o modelo discutido para o Mundial de Clubes.

Inchaço da Copa de 2022

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, também vai apresentar ao Conselho da entidade (formado por 36 representantes das confederações continentais) o estudo de viabilidade sobre a ampliação da Copa do Mundo de 2022 para 48 seleções. Essa mudança já foi aprovada para 2026 – quando o torneio será organizado por EUA, México e Canadá. Infantino quer antecipar a ideia já para o próximo mundial.

VEJA TAMBÉM: Fifa confirma Copa do Mundo com 48 seleções e overdose de partidas

A proposta enfrenta forte oposição do Catar, que em 2010 ganhou o direito de ser sede da Copa de 2022 em meio a um processo marcado por denúncias de corrupção – ao qual se seguiram denúncias de trabalho escravo. O embaixador do Catar no Brasil, Mohammed Al-Hayki, disse ao GloboEsporte.com no ano passado que o país do Oriente Médio enxerga tal movimento como uma tentativa de “sabotagem”.

LEIA MAIS: Fifa encontra dificuldades para ampliar Copa de 2022 para 48 participantes

Projeto do estádio de Lusail, da Copa do Mundo do Catar 2022 — Foto: Divulgação

Projeto do estádio de Lusail, da Copa do Mundo do Catar 2022 — Foto: Divulgação

Copa América 2020

Além da reunião do Conselho da Fifa, Miami vai abrigar várias reuniões das confederações continentais – a cúpula da Conmebol, por exemplo, se reúne na quarta-feira.

Neste encontro, cartolas sul-americanos vão decidir o que fazer com a Copa América de 2020 – a competição deste ano, no Brasil, será a última em anos ímpares. O torneio passará a ser disputada em anos pares a partir da próxima temporada, sempre a cada quatro anos (2020, 2024, 2028…).

No momento, a Argentina hoje é a única candidata oficial a organizar a competição de 2020, que já está no calendário da Fifa. Mas a organização deste torneio virou alvo de uma disputa com a Concacaf.

Recentemente, a US Soccer (a CBF dos EUA) convidou os países sul-americanos para jogar uma copa continental em 2020, em solo americano. A Conmebol recusou e fez um convite para que EUA e México disputarem a Copa América. O convite também foi rejeitado.

Como pano de fundo nessa discussão, está o apoio da Concacaf ao projeto sul-americano de organizar a Copa do Mundo de 2030. O resultado da disputa sobre a Copa América de 2020 terá consequências em outras esferas.

G1

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br