Conecte-se conosco

Noticias

Não vai ter lua de mel

Publicado

em

© Lézio Júnior

Lula pretende se casar. A consorte é vinte e um anos mais nova do que o pretendente, é socióloga, trabalha há dezesseis anos na Itaipu Binacional e mora em Curitiba, no Paraná, o que a permite visitar o ex-presidente com freqüência. Os dois estão juntos há aproximadamente dois anos.

Em maio, o petista demonstrou publicamente, por meio de uma conversa com o economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, o arrebatamento pela nova amada. “Está apaixonado e seu primeiro projeto ao sair da prisão é se casar”, afirmou o amigo quando o visitou ao lado do ex-ministro de defesa Celso Amorim, na carceragem da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba.

Preso há um ano e cinco meses, Lula poderá sair da prisão no dia 23 de setembro para o regime semiaberto. Mas os cenários para o casório ainda são incertos: cela da PF em Curitiba ou ao ar livre.

Aliança de noivado

A promessa de que vai ter bolo, entretanto, já foi feita: o petista há de se casar e fazer uma festa. Para fazer do casamento um relacionamento longevo, ele estudou como se comportou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso quando este deu início ao seu relacionamento com Patrícia Kundrát, três anos após a morte de Ruth Cardoso. A oficialização da união de FHC foi discreta: levou um escrivão em seu apartamento de Higienópolis, bairro nobre de São Paulo, chamou alguns advogados e selou o contrato.

“Eu até mandei pesquisar quantas matérias saíram quando o FHC apareceu com a namorada dele. Não quero que as pessoas paguem algum preço por estarem comigo”, disse Lula. A cúpula petista até tentou fazer com que Rosângela da Silva, apelidada carinhosamente de Janja, seja discreta. Mas os ânimos de um novo amor a impediram. O mesmo aconteceu com Lula: mandou incluir o nome da amada na lista de familiares e escancara sua aliança na mão esquerda, segundo amigos próximos.

Caso não ocorra a progressão de regime, o presidente pode optar pela cerimônia dentro da cadeia e deixar a festa para mais tarde. “Não vejo nada que impeça o casamento do preso”, atesta o advogado Fernando Hideo Lacerda, mestre em Direito Processual Penal. De acordo com o artigo 38º do Código Penal, o encarcerado conserva todos os direitos não atingidos pela falta de liberdade, o que é reforçado pelo artigo terceiro da Lei de Execução Penal. O direito ao matrimônio, por exemplo, é inalienável.

Mas Lula, pelo visto, não quer celebrar seu novo amor na cela. Hoje, ele se sente um jovem: um homem de trinta anos em um corpo de setenta e três. Já o tesão, como diz o próprio, é de um rapaz de vinte e nove anos. “Sempre é tempo de a gente ser feliz. E como agora eu estou defendendo a marca de que o amor sempre vence, preciso provar isso para mim mesmo”, disse Lula, viúvo desde 2017, quando Marisa Letícia morreu em decorrência de um derrame, aos 63 anos.

Dentro ou fora da prisão, o certo é que não haverá lua de mel, pelo menos até os próximos seis anos – isso se não for condenado em nenhum dos outros processos pelos quais responde. Alexandre Padilha, vice-presidente do PT e que pertence à “ala pessimista” do partido, afirmou à coluna de Sonia Racy, do Estadão, que acha “dificílimo” Lula deixar a prisão ainda em setembro.

Por já ter cumprido praticamente um sexto da pena, o semiaberto é uma possibilidade, mas só mediante o pagamento R$ 4,1 milhões referente à reparação de danos do réu. As coisas estão difíceis para o casal Lula-Janja. Se for do desejo do petista sair só por absolvição ou anulação da sentença, a festa continuará a ser só uma ideia.

O caminho das pedras

A partir do dia 23 de setembro, a defesa do ex-presidente poderá solicitar a progressão de regime para o petista. Ele sairia do fechado e passaria ao semiaberto. Isso significa que Lula poderá trabalhar durante o dia, mas deverá retornar à carceragem da Polícia Federal de Curitiba à noite. Isso porque, completar-se-á um sexto da sentença na data prevista: o equivalente a 17,6 meses. Mas isso só será possível se Lula arcar com as despesas processuais e multas: R$ 4,1 milhões para deixar a cadeia. Passados todos esses trâmites, Lula pode tentar a prisão domiciliar com o regime semiaberto. Mas só se não for condenado em nenhum dos outros processos pelos quais responde.

IstoÉ

Jaguarari

Prefeito de Jaguarari enviará para a Câmara Projeto de Lei para acordo com concursados que se arrasta há 18 anos

Publicado

em

Mantendo sua política de valorização do servidor municipal, o prefeito de Jaguarari, Everton Rocha, se reuniu com representantes dos servidores concursados na última quinta-feira (28), para tratar do acordo de pagamento de aproximadamente R$ 7.000.000 (sete milhões de reais) referente ao processo movido por eles que foram afastados de suas funções no ano de 2001 e só retornando ao trabalho no ano de 2003, durante o mandato do ex-prefeito João Cardoso.

“Desde que retornamos venho buscando valorizar o servidor municipal. Pensando nisso realizamos outros acordos para pagamento de diversas ações movidas durantes gestões passadas. Essa será mais uma dívida do município deixada por ex-gestores e que pretendemos quitar. Já que o servidor é a engrenagem que move o governo e merece todo nosso apoio e respeito”, destacou o prefeito Everton Rocha.

A cerca de 18 anos, mesmo com vitórias na justiça, os ex-gestores do município não cumpriram suas promessas de apoio e pagamento do valor devido a eles pelo afastamento arbitrário de suas funções.

O senhor Walter Gonçalves Costa, motorista do município e representante da comissão dos concursados, ressaltou a forma com que o prefeito Everton Rocha possibilitou o acordo e pagamento dos valores devidos.

“Durante a campanha eleitoral de 2016 nós buscamos o então candidato a prefeito para que ele nos ajudasse nessa causa. E ele nos garantiu que se assumisse a administração municipal faria o possível para por um ponto final nessa questão. E agora ele mostra que realmente valoriza o servidor possibilitando o acordo e através do Projeto de Lei realizar o pagamento”, pontuou o servidor municipal.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Continue Lendo

Noticias

Em Senhor do Bonfim, homem joga carro contra mulher no mercado

Publicado

em

Um homem conhecido como Eduardo, está sendo apontado como o motorista de um carro tipo Corsa de cor preta que teria sido jogado contra uma mulher, conhecida como Raiane, fato ocorrido na Praça Castelo Branco, bairro do Mercado.

Novas informações dão conta que o motorista havia discutido com uma mulher dona de uma barraca de bebidas, na discussão a mulher feriu o homem com um golpe de garrafa na cabeça, na briga ele teria desferido um tapa da dona da barraca, nesse momento algumas pessoas queriam pegar o homem que se evadiu, quando a vítima Raiana estaria também querendo pegar o motorista que já em seu veículo atingindo em cheio a Raiane, no impacto ela caiu próximo ao meio fio da via, faturando o nariz.

SAMU prestou socorro e conduziu a mulher para a UPA.

O motorista evadiu-se.

.

Blog do Netto Maravilha

Continue Lendo

Campo Formoso

Abertura do Natal em Família lota praça e emociona público em Campo Formoso

Publicado

em

Uma noite inesquecível para ficar guardada na memória dos campoformosenses! Na última sexta-feira (29), toda a cidade entrou no clima de natal, com muitas luzes e uma decoração impecável, para a abertura oficial da terceira edição do Natal em Família. A Praça Deputado Herculano Menezes estava lotada e foi o palco principal da festa, com uma linda e grande árvore de natal de led, casa do Papai Noel, presépio, além de apresentações culturais e artísticas.

A noite começou com as falas das autoridades, prefeita, vice-prefeito, Deputado Federal José Nunes, Deputado Estadual Adolfo Menezes, Major Ângelo, secretários municipais, vereadores, suplentes e lideranças políticas se fizeram presentes para prestigiar esse momento especial.

“É uma honra grande iniciarmos mais um ano de Natal em Família. Queria agradecer aos colaboradores que ajudaram para que esse momento acontecesse. E vocês estão vendo aí: essa festa está cada ano mais bonita”, disse Adolfo Menezes, emocionado.

“Essa grande prefeita Rose vem se empenhando não só no Natal, mas em todos os 365 dias do ano, buscando o melhor para Campo Formoso. Sinto-me feliz em estar trabalhando com você para ajudar mais e mais o povo daqui. É muito bom ter uma família unida, porque Natal é um momento muito bonito”, ressaltou o Deputado José Nunes.

“Queria agradecer a presença de vocês nesta noite, sejam bem vindos a mais um ano de Natal em Família! Até o dia 23 de dezembro vocês vão poder conferir muita coisa boa por aqui, então, aproveitem. Eu declaro aberta oficialmente esta festa e espero que vocês gostem, porque foi feita com muito carinho”, finalizou a prefeita que se dirigiu com as demais autoridades para o corte da fita da árvore de natal e Casa do Papai Noel.

p1dqu0ehut18klf0hp9v1nb410dut

A primeira apresentação da noite foi do Coral Anjos de Luz, da Igreja Matriz de Santo Antônio, seguido da Orquestra do Ponto de Cultura do Grupo Culturart. O Ballet Butterfly também fez uma linda apresentação e o bailarino Erick finalizou a noite de apresentações culturais com um solo. Para fechar a noite, a Banda Som de Esquina não deixou ninguém parado com um repertório super atualizado.

Hoje tem mais: a partir das 19h30, na Praça Deputado Herculano Menezes você poderá conferir o louvor da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br