Conecte-se conosco

Jaguarari

Procurador Jurídico da prefeitura de Jaguarari esclarece questões que envolvem os recursos do Fundef

Publicado

em

Muito tem se debatido nos últimos dias sobre os Precatórios do Fundef e a utilização desses recursos. Os professores contestam e vem buscando a todo custo o rateio de 60% do valor recebido pelas prefeituras de todo o país.
No município de Jaguarari esse tema tem despertado muitas confusões na forma com a qual o sindicato dos servidores tem interpretado as determinações nos âmbitos federais e estaduais que proíbem o rateio. Nesta segunda-feira (07), o Procurador Jurídico da prefeitura de Jaguarari, Allan Abbehusen de Santana, concedeu entrevista a Radio Liderança FM e expos diversas razoes para a não realização do rateio do recurso do Fundef com os professores, mesmo o prefeito expressando o seu desejo desde o início de realizar.

Em sua fala o procurador do município de Jaguarari ressaltou que o Tribunal de Contas da União – TCU, Ministério Publico nos âmbitos federal e estadual baixaram determinações não permitindo que as prefeituras utilizassem esse recurso para complementar o salario dos professores. Ainda segundo o procurador, prefeitos de vários municípios do Brasil que fizeram o rateio estão sofrendo ações penais e de improbidade administrativa para devolver ao erário esse valor repassado aos professores de forma indevida.

O procurador leu recomendação do MP e o parecer do TCU no acordum 014413/2019 que fala sobre o tema. No item 15 aborda. “A presente solicitação carece justamente de viabilidade jurídica. Os pagamentos que a presente solicitação visa garantir foram considerados ilegais pelo TCU”.

O procurador finaliza sua entrevista afirmando que desejo o prefeito sempre demonstrou para realizar esse rateio, mas ele como procurador tem o dever de mostrar o caminho legal o qual deva ser usado esse recurso.
Ficou agendado que na próxima quinta-feira a promotora de Jaguarari Drª Joseane Mendes Nunes concederia entrevista ao radialista Walterley Khuyn falando sobre esse tema e seria exibido no programa jornalístico na Rádio Liderança FM.

Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari divulga novo boletim epidemiológico desta segunda (23)

Publicado

em

Divulgamos nesta edição que foram diagnosticados 21 novos casos de coronavírus, sendo 15 por exame RT-PCR (LACEN) e 06 por Teste Rápido. Com relação à residência, 18 são da sede, 01 do distrito de Juacema, 01 do distrito de Gameleira e 01 do distrito de Pilar.
No momento, 700 pacientes já estão recuperados (94%) e 04 pacientes permanecem internados.

Qualquer dúvida relacionada ao COVID-19, utilize a central de atendimento mandando mensagem de WhatsApp para (74) 99948 0045 ou Ouvidoria Municipal através do número (74) 99976-4748.

Continue Lendo

Jaguarari

Boletim Epidemiológico JAGUARARI – 23 de Novembro

Publicado

em

Divulgamos nesta edição que foram diagnosticados 21 novos casos de coronavírus, sendo 15 por exame RT-PCR (LACEN) e 06 por Teste Rápido. Com relação à residência, 18 são da sede, 01 do distrito de Juacema, 01 do distrito de Gameleira e 01 do distrito de Pilar.
No momento, 700 pacientes já estão recuperados (94%) e 04 pacientes permanecem internados.

Qualquer dúvida relacionada ao COVID-19, utilize a central de atendimento mandando mensagem de WhatsApp para (74) 99948 0045 ou Ouvidoria Municipal através do número (74) 99976-4748.

Continue Lendo

Jaguarari

Paciente de Senhor do Bonfim busca atendimento em Jaguarari e acusa UPA de descaso

Publicado

em

Recebemos a denuncia de familiares de um paciente, que precisou se dirigir a UPA em Senhor do Bonfim, no sábado dia 21, devido a glicemia alta , chegou na unidade ás 13h00 min. a enfermeira fez a triagem, saindo ás 13:30 min. para chamar o médico, retornou as 15h00 min. o médico não teria avaliado e apenas prescreveu o que a enfermeira teria dito, ás 15:20 min. foi aplicado a insulina, lembrando que estava em 500 a glicemia, paciente idoso, diabético e hipertenso, a glicemia deveria ser controlada a cada hora o que não teria ocorrido. Segundo familiares o médico só foi avaliar as 17:20 min. A enfermeira aplicou insulina direto na veia sem o controle de uma bomba de infusão,o que teria colocado o paciente em risco, os parentes preocupado com a saúde do familiar o levaram para o município vizinho de Jaguarari, onde foi atendido imediatamente. Triado pela enfermeira em seguida pelo médico.

Redação do Cleber Vieira News

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2019 - Criado por PrecisoCriar | www.precisocriar.com.br